Início » Economia » BC reduz juros para 12,25% ao ano
PELA 4ª VEZ SEGUIDA

BC reduz juros para 12,25% ao ano

Com a decisão, a Selic atingiu o menor nível desde o início de 2015

BC reduz juros para 12,25% ao ano
Foi a quarta vez seguida que houve queda da Selic (Fonte: Reprodução/Thinkstock)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decidiu nesta quarta-feira, 22, por unanimidade, cortar a taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic, em 0,75 ponto percentual, de 13% para 12,25% ao ano.

Leia também: Inflação, a maior dor de cabeça do Banco Central

Com a decisão, a Selic atingiu o menor nível desde o início de 2015. O corte de 0,75 ponto percentual já era esperado pela maior parte dos economistas do mercado financeiro.

A expectativa dos analistas é de que o Copom continue a reduzir a taxa básica de juros da economia brasileira nos próximos meses. Ainda de acordo com as previsões, a Selic deve chegar a 9,5% ao fim deste ano, isto é, em um dígito, o que não acontece desde o fim de 2013.

Foi a quarta vez seguida que houve queda da Selic. A redução da taxa de juros começou no fim de 2016.

O Banco Central utiliza a taxa de juros para tentar cumprir a meta de inflação, que é definida anualmente pelo Conselho Monetário Nacional. Em geral, quando a inflação está alta, o BC aumenta os juros para reduzir o consumo e, com isso, derrubar a inflação. Já quando a inflação está baixa, o BC corta os juros para estimular o consumo.

Fontes:
G1 - Copom baixa juro pela 4ª vez seguida, e Selic vai para 12,25% ao ano

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. carlos alberto martins disse:

    na realidade o que o governo deveria fazer é reduzir os impóstos para as industrias,assim teríamos maior produção com menor custo,e,com isso seria aumentado as vendas e lógicamente quanto mais se vende,mais se arrecada em tributos,reduzindo o desemprego,sem contar que seria recolhido mais inss,contribuindo assim com o a redução do défice,da previdencia social.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *