Início » Economia » Black Friday perde relevância nos EUA
NEGÓCIOS

Black Friday perde relevância nos EUA

Apesar de muitas varejistas ainda não terem apresentado os dados de suas vendas, algumas pesquisas já apontam que o sucesso não é mais o mesmo

Black Friday perde relevância nos EUA
A Black Friday perdeu força, mas está longe de se tornar obsoleta (Foto: Flickr)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A imagem da Black Friday americana é conhecida por muitos. Algumas cenas são emblemáticas, como a de centenas de pessoas esperando as lojas abrirem desde às 5 da manhã e aquela velha imagem de consumidores brigando por um produto em promoção. No entanto, o que antes era uma tradição do mundo das vendas, hoje está perdendo a relevância. Muitas semanas serão necessárias para que as companhias apresentem os dados de suas vendas, mas algumas pesquisas já apontam que o sucesso do evento nos EUA já não é mais o mesmo.

A Black Friday está longe de se tornar obsoleta — cerca de 90% dos americanos disseram que planejavam fazer compras neste ano. Entretanto, os consumidores não estão lotando as lojas físicas como antigamente. Muitos preferem comprar online, no conforto de suas casas. A Federação Nacional de Varejo dos Estados Unidos (NRF, na sigla em inglês) relatou que mais americanos compraram online nos três dias depois do dia de Ação de Graças do que nas lojas físicas.

Além disso, a consultoria Conlumino relatou que apenas 18% dos consumidores pretendiam gastar mais nesta última Black Friday do que no ano anterior. Enquanto isso, 45% pretendiam gastar menos.

A ideia de fazer todas as compras em apenas um final de semana está cada vez mais ultrapassada. Cerca de 40% dos consumidores começam suas compras de Natal antes de novembro.

Fontes:
The Economist-Why Black Friday is losing its buzz

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *