Início » Economia » Brasil está em 120º lugar entre os melhores países para negócios
Ranking mundial

Brasil está em 120º lugar entre os melhores países para negócios

Para abrir uma empresa no Brasil, os empreendedores precisam de 83,6 dias, enquanto em Cingapura, que está na primeira posição no ranking, o processo só leva dois dias e meio

Brasil está em 120º lugar entre os melhores países para negócios
No Brasil, empreendedores que desejam abrir um negócio precisam cumprir mais de 11 procedimentos, enquanto na Nova Zelândia é apenas um (Reprodução/Internet)

O Brasil está longe de ser um dos melhores lugares para empreendedores no mundo, segundo estudo do Banco Mundial, divulgado na terça-feira, 28, quanto à facilidade de fazer negócios no mundo. Foram avaliados 189 países e o Brasil ficou em 120ª posição na lista geral deste ano.

Segundo o levantamento, o Brasil tem ascendido: em 2013, ficou em 123º lugar e, em 2012, em 130ª posição. Cingapura segue na liderança do ranking pelo nono ano consecutivo, seguido de Nova Zelândia, Hong-Kong, Dinamarca e Coreia do Sul.

Na América Latina, o país melhor colocado é a Colômbia, em 34º lugar, que realizou uma série de reformas nos últimos anos para facilitar o ambiente de negócios no país. A última posição está com a Eritreia, na África, e a penúltima com a Líbia.

Burocracia puxa desempenho do Brasil para baixo

Para abrir um negócio no Brasil, os empreendedores precisam de 83,6 dias, enquanto em Cingapura o processo só leva dois dias e meio. Na América Latina, são 31,7 dias. Os EUA estão em sétimo lugar e a duração do processo é de 5,6 dias para abrir uma empresa no país.

Além disso, o empreendedor precisa cumprir 11,6 procedimentos no Brasil, enquanto em Cingapura são três e na Nova Zelândia, apenas um. Nesta avaliação isoladamente, o Brasil está entre os últimos, em 167º lugar. Para construir, o processo leva mais tempo. Em média, são 426 dias, ocupando neste quesito 174ª posição.

Fontes:
Exame - Brasil é o 120º melhor lugar para negócios, diz ranking

3 Opiniões

  1. helo disse:

    Se tivermos um governo comunista e na contramão da história, preferiria outro grupo no comando.

  2. helo disse:

    O custo Brasil tem aumentado. O país assusta qualquer investidor.

  3. André Luiz D. Queiroz disse:

    E isso tudo, por quê? E pra quê? O porquê tem raízes históricas, que remontam à fase do Brasil colônia, e se perpetuaram no Império e na República: a necessidade do Estado ‘regular’ os agentes econômicos da libre iniciativa para cobrar impostos! Em nossa sociedade, parece que a crença reinante é que, se o Estado não controlar as iniciativa privada através da burocracia, todos irão sonegar! Bem, com a carga tributária que nos é imposta, não é de admirar que esse pressuposto acabe se concretizando…!
    De resto, a burocracia acaba servindo também como ‘fonte de poder’ dos agentes do Estado sobre a sociedade civil; todo e qualquer empresário em nosso país sabe que, se quiser tocar seus negócios com razoável sucesso e algum crescimento, terá que ter algum tipo de ‘conhecimento’ na esfera pública que ‘lhe facilite as coisas’…! Moral da história: burocracia excessiva e corrupção andam de mãos dadas!!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *