Início » Economia » Brasileiros endividados já representam 37% da população adulta
Endividamento recorde

Brasileiros endividados já representam 37% da população adulta

Dados das agências de crédito para o mês de abril mostram que mais de 55 milhões de brasileiros estavam endividados, um número recorde

Brasileiros endividados já representam 37% da população adulta
Muitos brasileiros não conseguem quitar a fatura do cartão de crédito (Foto: Flickr)

Graças à estagnação econômica, cresce o número de pessoas que estão afogando em dívidas pesadas no Brasil. Segundo as principais agências de crédito do país, mais de 55 milhões de brasileiros não conseguiram quitar a fatura do cartão de crédito ou estavam devendo parcelas de empréstimos em abril. O número representa 37% da população adulta em um país com cerca de 200 milhões de pessoas. E o problema está piorando.

Segundo o SPC, o número de devedores aumentou em 700 mil pessoas desde janeiro, quando as agências de crédito começaram a elaborar listas combinadas sobre clientes endividados. A porcentagem da dívida total das famílias brasileiras em relação à renda anual subiu de 46,2% para 46,3% em abril: o maior percentual para o mês desde que o Banco Central começou a registrar os dados há dez anos.

O aumento do endividamento se deve ao crescimento do crédito imobiliário. Os número do BC revelam que houve queda do endividamento que exclui o financiamento da casa própria, de 27,73% para 27,61% em abril.

Soraia Panella, coordenadora do serviço de proteção ao consumidor (Procon) do Rio de Janeiro, disse que ela rotineiramente vê pessoas vivendo tão perto da borda financeira que qualquer infortúnio inesperado pode mergulhá-los em um buraco a partir do qual é quase impossível sair.

Após atingir um pico de 7,5% de crescimento anual em 2010, a economia do Brasil tem recuado. Este ano, a economia contraiu 0,2% no primeiro trimestre e deverá cair mais de 1% até o final do ano.

 

 

Fontes:
Reuters - Amid Economic Crisis, Brazil Struggles with Debt
Agência Brasil - Endividamento das famílias é recorde para meses de abril

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *