Início » Economia » Carros de luxo: sonhos sobre rodas
Setor automotivo

Carros de luxo: sonhos sobre rodas

Porque todo mundo quer estar no topo do mercado

Carros de luxo: sonhos sobre rodas
Para os sofisticados carros britânicos a recessão já acabou há muito tempo (Fonte: Reprodução/The Economist)

A economia britânica pode estar a caminho de um mergulho triplo, mas para os sofisticados carros britânicos a recessão já acabou há muito tempo. As vendas da Jaguar Land Rover (JLR) no ano passado foram 30% maiores do que no ano anterior. Nos últimos dois anos a JLR contratou 9 mil pessoas e acabou de decidir quase dobrar o tamanho da fábrica de motores que está construindo no West Midlands.

Leia também: China é o segundo mercado mundial de carros de luxo

A Rolls-Royce, que vendeu um recorde de 3.575 de seus carros ultra luxuosos no ano passado, vai de vento em popa também. Na feira automobilística de Genebra ela mostrou o novo Wraith, um coupé para playboys com pelo menos € 245 mil (US$ 320 mil) para gastar e que querem deixar o chauffeur em casa e dirigir por conta própria. A Bentley, que lançou uma nova Limusine Flying Spur na feira automobilística de Genebra, obteve um aumento de 24% nas vendas do ano passado.

Hoje, a JLR é de propriedade do Tata Group, da Índia, a Rolls-Royce pertence à BMW e a Bentley, à Volkswagen, mas o apelo dos carros ainda se baseia nas suas características britânicas essenciais. De maneira similar, o sucesso dos carros da BMW, da Mercedes e da Audi baseia-se no seu estilo e precisão de engenharia alemã, tanto nos países ricos quanto entre os novos ricos do mundo emergente.

* Texto adaptado e traduzido da Economist por Eduardo Sá

Fontes:
The Economist - Luxury cars: Dreams on wheels

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *