Início » Economia » Comunidade no RJ ganha moeda social e banco próprio
Iniciativa

Comunidade no RJ ganha moeda social e banco próprio

Iniciativa implementada na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, visa o desenvolvimento local

Comunidade no RJ ganha moeda social e banco próprio
O CDD estimulará a economia da região (Reprodução/ G1)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Nesta quinta-feira, 15, foi inaugurado o Banco Comunitário Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Primeiro do tipo na cidade, o banco, que visa desenvolver a economia local, segue o exemplo de sucesso de outras comunidades brasileiras como o município Silva Jardim, pioneiro no estado.

A moeda social CDD vale R$ 1 e será acessível apenas para moradores da comunidade. “O objetivo é o desenvolvimento sustentável do território. Se não há o consumo interno feito pela comunidade, a riqueza local escoa para outras áreas”, explica o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Solidário, Marcelo Henrique da Costa.

Ao contrário dos bancos tradicionais, os comunitários não visam o lucro. O objetivo é desenvolver e fortalecer a economia local, através da concessão de empréstimos a juros baixos. No caso da Cidade de Deus, o limite de empréstimo é de R$ 100, que podem ser pagos em até três parcelas. Além disso, as compras com CDD poderão ter descontos de até 10%.

No total, Brasil já conta com 63 bancos comunitários em diversos estados. O primeiro foi o Banco Palmas, em Fortaleza (CE), criado em 1998. Os bancos comunitários são registrados no Banco Central e as moedas comunitárias são impressas em papel moeda, e têm código de barras, número de série, tarja holográfica e tinta vermelha.

Segundo Costa, os comerciantes e prestadores de serviços da região vão ter interesse em disputar o consumidor local e vão se cadastrar para poderem receber as cédulas de CDD. “Já temos cem comerciantes cadastrados, e muitos deles já estão dando desconto e fazendo promoções, como o sorteio de bicicletas, para atrair o consumidor que for comprar com CDD”, disse o secretário.

Fontes:
G1 - Cidade de Deus, no Rio, ganha moeda e banco próprios
R7 - Cidade de Deus ganha primeiro banco comunitário do Rio de Janeiro
Agência Brasil - Rio ganha novos bancos comunitários que emprestam dinheiro próprio a juro zero

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *