Início » Economia » Daslu está prestes a ser vendida
Luxo em crise

Daslu está prestes a ser vendida

Nos tempos de prosperidade, a Daslu era frequentada por políticos e celebridades

Daslu está prestes a ser vendida
Lojas da rede ofereciam produtos de quase 300 marcas (Fonte: Agência Estado)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Afundada em dívidas de mais de R$ 80 milhões e à beira da falência, a Daslu, templo das marcas de alto luxo, pode ter seu futuro definido nesta quinta-feira, 24, por cerca de 200 credores que se reunirão em São Paulo para conhecer o plano de recuperação que será apresentado pela empresária Eliana Tranchesi.

O plano prevê a venda da marca e de uma das duas lojas Daslu em funcionamento, ambas em São Paulo, como forma de saldar as dívidas com bancos e fornecedores.

Loja de políticos e celebridades

Entre os interessados em comprar a Daslu estariam os empresários Marcus Elias, dono do fundo Laep, que em 2006 comprou a Parmalat — então igualmente à beira da falência —, e José Auriemo Neto, presidente da incorporadora JHSF.

Nos tempos de prosperidade, a Daslu era frequentada por políticos e celebridades que iam comprar nas lojas da rede produtos de quase 300 marcas, incluindo a italiana Prada e a francesa Chanel.

Leia mais

As empresas que tiveram um 2010 para esquecer

Fontes:
O Globo - Daslu, à beira da falência, pode ser vendida para saldar dívida de R$ 80 milhões

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Regina Caldas disse:

    Se for confirmada a vinda de algumas das marcas mais luxuosas da indústria do luxo europeu, ao Brasil, taí um bom negócio para quem comprar a Daslu. Pois o espaço de suas lojas atendem as necessidades das melhores marcas da indústria do luxo.

  2. Marcia disse:

    Que o novo comprador vise realizar negócios ilícitos.
    Existe sim no Brasil um público consumidor ávido por esse mercado do consumo de luxo, principalmente os chamados “novos ricos”, a famosa nova classe milionária extremamente preocupada em ostentar para exalar sinais de riqueza.
    Já o antigo público consumidor da Daslu principalmente os mais chegados a gestão anterior esse agora foge de toda essa situação
    fétida que se formou.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *