Início » Economia » Economia chinesa desacelera e preocupa empresas estrangeiras
China

Economia chinesa desacelera e preocupa empresas estrangeiras

Os líderes da China tentam tranquilizar os empresários estrangeiros preocupados com a situação no país

Economia chinesa desacelera e preocupa empresas estrangeiras
Dados oficiais confirmaram que a economia cresceu 7,4% em 2014, a menor taxa em 24 anos (Reprodução/ RT)

Ultimamente, os CEOs das empresas estrangeiras na China têm se queixado de dificuldades operacionais. A China era uma economia com um crescimento interminável de dois dígitos. As autoridades estendiam o tapete vermelho de boas-vindas aos estrangeiros e eram receptivos aos contatos sociais em jantares e drinques. As agências reguladoras não eram mais importunas do que em outras economias emergentes.

Agora, o crescimento está desacelerando: os dados oficiais divulgados nesta semana confirmaram que a economia cresceu 7,4% em 2014, a menor taxa em 24 anos. A repressão à corrupção impossibilitou a conquista de amigos no governo. E as autoridades antitrustes têm agido com rigor em relação à indústria automobilística, ao setor farmacêutico e a outras empresas estrangeiras, que confiavam na proteção de seus guanxi (conexões). Na opinião de muitos CEOs de empresas estrangeiras a época de ouro para as multinacionais na China terminou.

Talvez isso explique a ofensiva sedutora que o governo iniciou na semana passada. O primeiro-ministro, Li Keqiang, liderou uma delegação de pessoas importantes da China ao Fórum de Economia Mundial em Davos, na Suíça. Diante da elite empresarial presente no fórum, Li Keqiang prometeu que “as empresas chinesas e as estrangeiras receberiam o mesmo tratamento” e que “o protecionismo seria rejeitado com severidade”.

 

Fontes:
The Economist-You’re still welcome

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *