Início » Economia » Internacional » Camp Fire fez saltar o número de sem-teto na Califórnia
DESABRIGADOS

Camp Fire fez saltar o número de sem-teto na Califórnia

Com cerca de 134 mil sem-teto, a Califórnia tem uma das maiores populações de rua dos EUA. Agora, soma-se a ela cerca de 52 mil desabrigados pelo incêndio

Camp Fire fez saltar o número de sem-teto na Califórnia
Após o incêndio, um dos maiores desafios é encontrar qualquer tipo de moradia para as pessoas (Foto: Mike Loeffler, ENF)

Devastado pelas chamas do incêndio Camp Fire, o mais letal a atingir a Califórnia, o condado de Butte, em Sierra Nevada, já vivia uma situação de emergência antes das chamas.

Em outubro do ano passado, a situação da população sem-teto em algumas regiões do condado era tão caótica – com um alto número desabrigados, abrigos precários e com poucos recursos – que foi declarada crise e solicitado um auxílio financeiro ao estado da Califórnia para lidar com a questão.

Agora, a devastação do Camp Fire agravou a situação. O incêndio destruiu mais de 14 mil casas e deixou dezenas de milhares de desabrigados. “Já era uma situação bastante terrível”, disse Laura Cootsona, diretora executiva do abrigo Centro Jesus, no distrito de Chico.

Após o incêndio, cerca de 52.000 pessoas foram deslocadas e tiveram de buscar moradia praticamente da noite para o dia. “Esse é o maior desastre que você pode imaginar”, relatou Laura, segundo noticiou o jornal New York Times.

Praticamente um mês após o incêndio ter começado, a tensão entre quem já estava desabrigado e os recém-desabrigados se elevou diante da busca por recursos. Abrigos locais estão se preparando para um fluxo de novas pessoas necessitadas, o que coloca mais pressão sobre o sistema de abrigos, fazendo com que tomem decisões complicadas sobre quem deve ter prioridade em ser alojado.

A Califórnia é o estado com uma das maiores populações de rua dos EUA, com cerca de 134.000 sem-teto, de acordo com o Departamento de Habilitação e Desenvolvimento Urbano. Mais de um quarto da população total de moradores de rua dos EUA está na Califórnia. Somente o condado de Butte já tinha cerca de 2.000 desabrigados antes do Camp Fire. Apenas metade desse número fazia uso dos abrigos e moradias de transição. Muitas pessoas preferiam ficar nas ruas ou viver em tendas.

Agora, um dos maiores desafios é encontrar qualquer tipo de moradia para as pessoas, independentemente de status social. “Sabemos que já temos um número de abrigos escasso, mas eles são uma forma de tentar colocar as pessoas em moradias permanentes. Podemos construir mais abrigos, mas se não houver um caminho, isso será apenas uma solução temporária”, alerta Cootsona.

Fontes:
The New York Times-After a California Wildfire, New and Old Homeless Populations Collide

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *