Início » Cultura » Artes Plásticas » Coleção de arte Rockefeller bate recorde em leilão
ARTE

Coleção de arte Rockefeller bate recorde em leilão

O conjunto de cerca de 1,5 mil quadros e objetos de arte foi vendido por US$ 832,5 milhões

Coleção de arte Rockefeller bate recorde em leilão
Conjunto estava avaliado em US$ 600 milhões (Foto: Visko Hatfield/Christies)

Nesta semana, a coleção de arte Rockefeller foi leiloada por US$ 832,5 milhões (R$ 3 bilhões), superando o último recorde de US$ 484 milhões da coleção de Yves Saint Laurent e Pierre Bergé em 2009. A informação é da Casa Christie’s de Nova York.

A coleção Rockefeller reúne cerca de 1,5 mil quadros e objetos, reunidos por Peggy e David Rockefeller. O conjunto estava avaliado em US$ 600 milhões.

Entre as obras de arte, estavam telas de Pablo Picasso, Claude Monet e Henri Matisse. O quadro “La fillette à la corbeille fleurie”, de Picasso, foi leiloado por US$ 115 milhões (mais de R$ 410 milhões) na última terça-feira, 8. “Nymphéas en fleurs”, de Monet, recebeu um lance de US$ 84,6 milhões (mais de R$ 300 milhões), se tornando a obra mais cara do artista. “Odalisque couchée aux magnolias”, de Matisse, por sua vez, foi vendida por US$ 80,7 milhões (quase R$ 300 milhões), outro recorde para as telas do pintor.

David Rockefeller foi um poderoso banqueiro e filantropo americano, que morreu em 2017.  A renda com o leilão vai ser revertida para as causas filantrópicas apoiadas pela família, incluindo o Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA), a Universidade de Harvard e o Conselho de Relações Exteriores.

 

Fontes:
G1-Coleção Rockefeller é leiloada por valor recorde de R$ 3 bilhões

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *