Início » Economia » Internacional » Dia Zero na Cidade do Cabo é adiado para 2019
ÁFRICA DO SUL

Dia Zero na Cidade do Cabo é adiado para 2019

Cidade do Cabo enfrenta grandes restrições no consumo de água por conta da crise hídrica

Dia Zero na Cidade do Cabo é adiado para 2019
Desde o dia 1º de fevereiro, a cidade enfrenta restrições  e novas tarifas (Foto: capetown.travel)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Cidade do Cabo, na África do Sul, está passando por uma grave crise hídrica, por conta da falta de chuvas e do declínio dos níveis das represas.

Segundo o site do governo da Cidade do Cabo, somente se o consumo diário for reduzido para 50 litros ou menos e se a cidade implementar os projetos necessários é que eles vão evitar o Dia Zero.

O Dia Zero é quando quase todas as torneiras da cidade vão ser desligadas, e as pessoas vão ter de fazer fila para pegar água em aproximadamente 200 locais da península.

Desde o dia 1º de fevereiro, a cidade enfrenta restrições e novas tarifas. O governo explica que os 50 litros são diários e por pessoa, independente se é em casa, no trabalho, na academia, na escola, ou em qualquer outro lugar. Negócios e comércio devem reduzir seu consumo de água em 45% comparado com o que era em 2015 (antes da seca). Já os agricultores devem reduzir em 60%.

O Dia Zero, que foi calculado para ocorrer em abril, foi adiado para junho e, agora, foi postergado novamente para o ano que vem, ainda sem data definida, mas a cidade trabalha para economizar o máximo de água possível e, assim, evitar o dia sem água corrente. Enquanto isso, o governo vem divulgando relatórios sobre os níveis dos reservatórios e dicas de como as pessoas podem economizar água.

 

Leia também: Cidade do Cabo pode ficar totalmente sem água em abril
Leia também: Cidade do Cabo fica sem água três dias por semana
Leia também: Por que a Cidade do Cabo pode ficar sem água?

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *