Início » Economia » Internacional » Idosos são mais propensos a espalhar ‘fake news’
PESQUISA

Idosos são mais propensos a espalhar ‘fake news’

Um novo estudo sugeriu que pessoas idosas, menos familiarizadas com o mundo digital, são mais vulneráveis à propagação de notícias falsas online

Idosos são mais propensos a espalhar ‘fake news’
Entre os usuários republicanos, 18% compartilharam pelo menos um link de um site de notícias falsas (Foto: Pixabay)

Segundo um estudo de pesquisadores da Universidade de Nova York e de Princeton publicado na revista científica Science, em média, os usuários do Facebook nos EUA com mais de 65 anos compartilharam quase sete vezes mais artigos de sites de notícias falsas do que usuários de 18 a 29 anos.

Os pesquisadores analisaram o perfil de 1.750 adultos americanos e os links que eles postaram de sites de notícias falsas no Facebook. No total, 8,5% dos participantes do estudo compartilharam pelo menos um link de sites de conteúdos falsos. Segundo o estudo, esses sites publicam notícias “intencionalmente ou sistematicamente inexatas”.

Os pesquisadores também observaram que entre os que compartilharam os links dos 21 sites analisados no estudo, em sua maioria de apoio a Donald Trump, havia claras diferenças demográficas.

Entre os usuários republicanos, 18% compartilharam pelo menos um link de um site de notícias falsas, em comparação com menos de 4% dos usuários democratas. Os com um perfil mais conservador compartilharam sites de notícias falsas pró-Trump e artigos com os quais concordavam. Os que compartilharam o maior número de links eram pessoas bem informadas e capazes de distinguir entre o real e o falso no conteúdo online.

O estudo baseou-se em dados demográficos para reforçar a tese que as pessoas com mais de 65 anos, que começaram a usar a internet mais tarde e, portanto, não dominam a mídia digital, tinham mais dificuldade em distinguir notícias falsas difundidas nas redes sociais.

Porém, é possível também atribuir essa dificuldade “à deterioração da memória em pessoas idosas, que diminui a percepção do que é ilusório na vida”, escreveram os autores.

Fontes:
The Guardian-Older people more likely to share fake news on Facebook, study finds

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *