Início » Economia » Internacional » O apoio aos direitos dos gays ao redor do mundo
DIREITOS CIVIS

O apoio aos direitos dos gays ao redor do mundo

Americanos são um pouco menos interessados nos direitos dos gays do que argentinos, brasileiros, chilenos e mexicanos

O apoio aos direitos dos gays ao redor do mundo
A pesquisa foi feita pela Associação ILGA (Foto: Pixabay)

No Ocidente, poucos movimentos de direitos civis cresceram tão rapidamente quanto o dos direitos dos gays. Nos Estados Unidos, o apoio ao casamento homossexual, por exemplo, cresceu de 27% para 64% desde 1996, mais rápido do que a aceitação do casamento inter-racial no início da década de 1960. A Irlanda, antes um país de poucas figuras públicas abertamente gays, aprovou a legalização do casamento gay e tem hoje um primeiro-ministro gay.

A Associação ILGA divulgou números sobre o movimento de direitos civis dos homossexuais ao redor do mundo. Os americanos são um pouco menos interessados nos direitos dos gays do que argentinos, brasileiros, chilenos e mexicanos.

Enquanto países do norte da África como Argélia, Egito e Marrocos são amplamente contra os direitos, a África subsaariana parece bastante liberal. Neste quesito, Angola, Gana, Quênia e Moçambique podem ser comparados com os Estados Unidos, sendo muito mais liberais que a China e o Japão.

Fontes:
The Economist-Attitudes to same-sex relationships around the world

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Rene Luiz Hirschmann disse:

    Moral da Historia: Em pais subdesenvolvido existem mais gays e lésbicas, Freud explica?.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *