Início » Economia » Internacional » Suspeito de executar jornalista saudita morre em acidente
CASO KHASHOGGI

Suspeito de executar jornalista saudita morre em acidente

Meshal Saad Al-Bostani era um dos 15 suspeitos de executar Jamal Khashoggi dentro do consulado saudita em Istambul. Jornais turcos apontam queima de arquivo

Suspeito de executar jornalista saudita morre em acidente
Meshal Saad Al-Bostani, um dos 15 suspeitos de assassinar o jornalista saudita, morreu em um acidente de carro (Foto: CCTV)

Um dos 15 suspeitos de executar o jornalista saudita Jamal Khashoggi, dentro do consulado da Arábia Saudita em Istambul, morreu em um acidente de carro, em Riad, capital saudita. Meshal Saad Al-Bostani era tenente da Força Aérea e os detalhes de sua morte ainda são desconhecidos.

O jornal turco Yeni Safak aponta que a morte tem indícios de queima de arquivo. Já o jornal Hurriyet prevê que mais uma testemunha pode se tornar alvo: o cônsul saudita, Mohamed Al-Otaibi. A previsão tem como base áudios referentes ao caso, que a Turquia tem vazado aos poucos.

Em um deles, quando Otaibi pede para que não torturassem Khashoggi em sua sala, um dos executores reage dizendo: “Silêncio, do contrário você não chegará vivo a Riad”.

Na última quinta-feira, 18, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admitiu a jornalistas que Khashoggi “certamente parece que Khashoggi está morto”. A Casa Branca oscila entre a cobrança da população por uma resposta e os interesses dos Estados Unidos na Arábia Saudita, uma aliada do país.

Leia mais: Jornalista saudita foi torturado e decapitado, diz jornal turco
Leia mais: Consulado onde jornalista desapareceu passa por inspeção na Turquia

Fontes:
Agência Brasil-Suspeito da execução de Khashoggi morre em acidente de carro

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *