Início » Brasil » Em Joanesburgo, Temer pede à China revisão de sobretaxas
10ª CÚPULA DOS BRICS

Em Joanesburgo, Temer pede à China revisão de sobretaxas

Em junho, a China adotou novas tarifas sobre a carne de frango brasileira

Em Joanesburgo, Temer pede à China revisão de sobretaxas
10ª Cúpula dos Brics acontece até a próxima sexta-feira, 27(Foto: Kremlin.ru)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente Michel Temer usou a 10ª Cúpula dos Brics, que acontece em Joanesburgo até a próxima sexta-feira, 27, para tentar estreitar as relações comerciais com a China. Temer solicitou ao presidente chinês, Xi Jinping, que as sobretaxas ao frango e o açúcar sejam revistas.

“Voltamos a tratar do aumento da cota de açúcar, do frango especialmente, pedimos a ele [Jinping] que deixe um pouco de lado, digamos, a sobretaxa que houve em relação ao frango e ao açúcar. Que nós pudéssemos aumentar as nossas exportações”, revelou Temer, segundo informou o portal G1.

Além da retomada no volume das exportações do frango e do açúcar, Temer quer estreitar mais as relações. O chefe de Estado brasileiro informou que sugeriu a Jinping que a China passe a importar os produtos processados brasileiros derivados da soja. De acordo com Temer, Xi Jinping “recebeu muito bem” a proposta.

Comércio internacional

Já através das redes sociais, o presidente Michel Temer exaltou o papel “de destaque” do Brics nas relações econômicas do Brasil. Ademais, Temer revelou que, na reunião plenária, envolvendo todos os líderes, foi debatida a importância de um sistema multilateral de comércio com regras.

De acordo com o site do governo da Rússia, além das discussões diplomáticas habituais – que englobam várias esferas e assuntos, como política, segurança e comércio -, a cúpula deste ano também vai debater a situação na Síria e no Oriente Médio, “bem como a solução de problemas relacionados à Península Coreana e ao programa nuclear do Irã”.

“Acho que realmente temos o direito de dizer que as ideias de Nelson Mandela estão refletidas nas atividades do Brics. São esses princípios que permeiam a cooperação entre os Estados do Brics e adquiriram a natureza de uma parceria verdadeiramente estratégica”, exaltou o presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Segundo uma nota do Ministério de Relações Exteriores do Brasil, ainda serão assinados, durante a cúpula, o Acordo de Sede do Escritório Regional para as Américas do Novo Banco de Desenvolvimento – o banco do Brics -, que será sediado em São Paulo; e o Memorando de Entendimento em Aviação Regional do Brics, que promoverá a troca de informações.

“Serão aprovados o estabelecimento de um Grupo de Trabalho do Brics sobre Operações de Manutenção da Paz e um centro de pesquisa em vacinas dos países do Brics. Por fim, será criada uma rede de parques tecnológicos, para promover a inserção competitiva do Brics na Quarta Revolução Industrial”, destaca a nota.

O Brics reúne os líderes do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, e responde por 23% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial e 18,2% do comércio global. Em 2017, o bloco movimentou US$ 288 bilhões. Enquanto ocorrem algumas reuniões gerais, os representantes de cada país aproveitam a oportunidade para tentar estreitar relações e fechar acordo com outras nações individualmente.

Participam da cúpula os presidentes Michel Temer, do Brasil, Cyril Ramaphosa, da África do Sul, Xi Jinping, da China, Vladimir Putin, da Rússia, e o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi.

 

Leia também: 10ª Cúpula dos Brics tem início em Joanesburgo

Fontes:
G1-Em reunião do Brics, Temer pede à China fim da sobretaxa ao frango e ao açúcar

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Buckminster disse:

    Uma constituição ineficaz permite que sejamos representados pelo nada! O que temer fez para o país? Absolutamente nada, aliás igualmente a seus antecessores fizeram atos desfavoráveis a nação e sufocam o povo com anuência de uma constituição escravista defendida por especialistas que vivem muito bem em suas fazendas regadas a dinheiro e whisky importados…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *