Início » Economia » EUA e UE estudam socorro financeiro à Ucrânia
Crise política

EUA e UE estudam socorro financeiro à Ucrânia

Programa tem como objetivo reduzir a influência da Rússia

EUA e UE estudam socorro financeiro à Ucrânia
Multidões ocupam as ruas do país para protestar (Fonte: Reprodução/Reuters)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A União Europeia, com a possível participação dos EUA, está estudando um programa de socorro financeiro à Ucrânia. O país vive atualmente uma crise política que já dura mais de dois meses.

A informação foi confirmada nesta segunda-feira, 2, pela representante para Relações Exteriores da UE, Catherine Ashton. Os valores em análise, no entanto, não foram divulgados.

O programa tem como objetivo reduzir a influência da Rússia, que anunciou em dezembro o empréstimo de US$ 15 bilhões a Kiev, além da redução do preço do gás.

O estopim da crise política na Ucrânia se deve ao anúncio feito pelo presidente Viktor Yanukovich da suspensão das negociações sobre um acordo de associação com a UE, voltando-se para uma parceria com a Rússia. Desde então, multidões ocupam as ruas do país para protestar. A oposição ocupa prédios públicos em várias cidades ucranianas.

Em entrevista ao jornal The Wall Street Journal, Catherine Ashton ressaltou que o pacote visa auxiliar a Ucrânia a enfrentar a crise econômica na qual está mergulhada. O país registrou crescimento negativo de 2% no ano passado, além de um déficit público elevado e também tem dificuldades para reembolsar uma parcela de um empréstimo concedido pelo FMI em 2011.

Fontes:
Estadão - EUA e União Europeia estudam crédito à Ucrânia

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *