Início » Economia » EUA suspendem embargo de venda de armas ao Vietnã
ARMAS

EUA suspendem embargo de venda de armas ao Vietnã

Embargo vigorava desde 1975

EUA suspendem embargo de venda de armas ao Vietnã
O presidente americano fez o anúncio em Hanói, no Vietnã (Foto: Public Domain)

Em um momento no qual os Estados Unidos estão reforçando sua presença na Ásia por conta das disputas territoriais com a China, o presidente americano Barack Obama anunciou, nesta segunda-feira, 23, o fim do embargo à venda de armamento americano ao Vietnã.

Este embargo era remanescente da guerra entre os dois países (1955-1975). Antes da queda das restrições, o Vietnã comprava a maior parte de seu armamento militar da Rússia, parceira desde a União Soviética. O Vietnã só restabeleceu os laços diplomáticos com os EUA 20 anos depois do fim da guerra, em 1995.

O presidente americano fez o anúncio em Hanói, capital do Vietnã, durante visita com o presidente vietnamita Tran Daí Quang. Ele disse que os dois países compartilham uma preocupação com as provocações da China na região.

Apesar de o Vietnã ter relações com o Partido Comunista Chinês, o país é um dos mais afetados pelas reivindicações de soberania de Pequim no Mar da China Meridional. Washington acusa Pequim de militarizar a região ao criar ilhas artificiais. Os EUA e outros países temem que a China instale sistemas da defesa antimíssil nas ilhas.

De acordo com o presidente americano, cada venda de armamento ao Vietnã será avaliada pelos EUA. A venda só será autorizada se o país se comprometer a combater violações aos direitos humanos. A repressão a dissidentes no país é constante, e o governo vietnamita é um dos que mais prende jornalistas no mundo. O país é governado por um regime de partido único, que orquestrou uma mudança na sua liderança no início deste ano de forma opaca, sem qualquer participação da população. Quando candidatos independentes tentaram concorrer nas eleições legislativas no início deste ano, o governo impediu a maioria deles de participar.

Para os EUA, no entanto, a crescente importância estratégica do Vietnã tornou o país digno de uma relação de defesa mais estreita, incluindo a venda de armas. Ao contrário de países vizinhos como Tailândia, Myanmar, Filipinas ou Camboja, o Vietnã tem uma força militar altamente profissional e é relativamente estável, apesar de ser um regime autoritário.

 

Fontes:
Folha de S.Paulo-Obama anuncia fim do embargo de venda de armas ao Vietnã
Reuters-EUA suspendem embargo de armas ao Vietnã em meio a aumento de tensão regional
G1-Obama anuncia fim do embargo de venda de armas ao Vietnã

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Roberto1776 disse:

    O maior inimigo que o Vietnam já teve em toda a sua existência sempre foi a China, vizinho monstruoso ao norte. Agora, finalmente, reconhecem quem pode ser seu real aliado, embora ainda não passe de uma mera ditadurazinha comunista de quinta categoria.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *