Início » Economia » Fábricas de carros têm ociosidade recorde no Brasil
Crise e demissões

Fábricas de carros têm ociosidade recorde no Brasil

Setor de produção de carros vai operar este ano a 53% da sua capacidade

Fábricas de carros têm ociosidade recorde no Brasil
'Parque automotivo' brasileiro deverá ter uma demanda de cerca de 3 milhões de unidades neste ano (Fonte: Reprodução/Portal Exame)

As fabricantes de carros que operam no Brasil vão operar no próximo biênio com um nível de ociosidade em suas fábricas que não se via desde o período 1999-2003, quando o Brasil foi impactado pelas consequências de uma crise internacional.

Com capacidade de produção de 5,6 milhões de carros por ano (incluindo a capacidade para quase 800 mil carros novos das novas fábricas da Fiat, em Pernambuco, e da Honda, em São Paulo), o “parque automotivo” brasileiro deverá ter uma demanda de apenas cerca de 3 milhões de unidades neste ano, com pouca variação em 2016.

Isto representa um setor operando a 53% da sua capacidade. Em todo o mundo, o setor de produção de carros deve operar 2014 e 2015 a cerca de 72% da sua capacidade.

As consequências já se veem nos quadros de funcionários das empresas do setor. Em 2014 foram eliminados 12,4 mil postos de trabalho nas fábricas de carros do Brasil. Em janeiro deste ano já aconteceram mais 400 demissões, e as empresas planejam mais cortes ao longo de 2015.

Fontes:
Portal Exame - Montadoras têm ociosidade recorde

2 Opiniões

  1. troiano disse:

    Os carros no Brasil são muito caros em relação a vários países. Talvez as fábricas aprendam a calcular preços mais compatíveis ao mercado mundial.

  2. Henrique Meyer de Azevedo disse:

    Isso é falta de um planejamento do governo federal, nº de fábricas, quantidades de modelos, nº de empregos, impostos gerados e isenções. Exportações e importações. Infelizmente falta governo neste país

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *