Início » Economia » Ferrovia Bioceânica não é trem-bala, diz Nelson Barbosa
Sairá do papel

Ferrovia Bioceânica não é trem-bala, diz Nelson Barbosa

Em audiência pública no Senado, ministro do Planejamento garantiu que projeto ferroviário para ligar Brasil ao Peru já atrai investidores chineses

Ferrovia Bioceânica não é trem-bala, diz Nelson Barbosa
Megaprojeto ferroviário que promete ligar os oceanos Atlântico e Pacífico deve ser financiado pela China (Foto: Divulgação/Planalto)

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, disse nesta quarta-feira, 10, que vários investidores chineses já manifestaram interesse em participar do consórcio para a Ferrovia Bioceânica, um megaprojeto ferroviário para ligar o Sudeste do Brasil ao Peru, atravessando boa parte da Amazônia.

Durante uma audiência pública no Senado nesta quarta-feira, 10, o ministro rejeitou a ideia de que a ferrovia, vista como a solução para o escoamento da produção brasileira pelo Pacífico, pode ter o mesmo fim do trem-bala Campinas-São Paulo-Rio, que até hoje não saiu do papel.

“Trem-bala só faz sentido se fizer todo traçado, a ferrovia Bioceânica pode ser feita em partes, começando pelas que são mais viáveis comercialmente”, disse o ministro.

Leia também:Ferrovia chinesa promete ligar Brasil e Peru
Leia também: Acordo trilateral é assinado para construção de ferrovia Peru-Brasil

Barbosa disse que o governo ainda não definiu se a concessão de 3,5 mil quilômetros de ferrovia será feita em partes ou como um todo, para um mesmo grupo.

O estudo de viabilidade do trecho brasileiro do projeto será concluído até maio de 2016. A construção começaria em 2018.

Fontes:
Valor - Barbosa: investidore chinês tem interesse em ferrovia que leva ao Peru
Reuters - Para Barbosa, Ferrovia Bioceânica não é trem-bala

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *