Início » Economia » Google fecha acordo para aumentar a velocidade da internet em Cuba
ACESSO À INTERNET

Google fecha acordo para aumentar a velocidade da internet em Cuba

Desde a retomada das relações diplomáticas, os Estados Unidos têm demonstrado interesse para que se abra o acesso à internet em Cuba

Google fecha acordo para aumentar a velocidade da internet em Cuba
Cuba é um dos países com taxas mais baixas de conectividade (Foto: Pixabay)

Nesta segunda-feira, 12, a empresa americana Google e a Empresa Estatal de Telecomunicações de Cuba (Etecsa) assinaram um acordo para aumentar a velocidade da internet na ilha, principalmente nos produtos da empresa como Gmail e YouTube.

Leia mais: Mais de 50% da população mundial não têm acesso à internet

Cuba é um dos países com taxas mais baixas de conectividade. Na ilha, é proibido ter acesso à internet nas residências, com exceção de profissionais como jornalistas, advogados ou acadêmicos que podem ter uma autorização do governo. Em março, a Google abriu, em fase de teste, seu primeiro centro tecnológico em Havana, onde é oferecido acesso gratuito a uma conexão muito mais veloz do que no restante do país. No local, é possível utilizar produtos de última geração da companhia. Além disso, desde julho de 2015, têm sido habilitados em toda a ilha pontos de conexão WiFi em lugares públicos com conexão a US$ 2 por hora.

O acordo foi assinado na capital cubana pelo presidente executivo da Google, Eric Schmidt, e a presidente da Etecsa, Mayra Arevich. O documento vai possibilitar o acesso a uma rede de servidores chamada Google Global Cache, que armazena conteúdo de produtos populares e de uso amplo. Até então, o acesso a eles não era permitido na ilha.

“Esse acordo permite à Etecsa utilizar nossa tecnologia para reduzir o tempo ao entregar alguns de nossos conteúdos mais populares e de maior tamanho de banda, como os vídeos de YouTube”, afirmou a empresa americana em comunicado.

Desde a retomada das relações diplomáticas, os Estados Unidos têm demonstrado interesse para que se abra o acesso à internet em Cuba. Contudo, as autoridades cubanas ressaltam que essas medidas têm um alcance limitado e o “bloqueio” segue vigente, dificultando a aquisição de software e tecnologias da informação.

Fontes:
Uol-Google firma acordo para elevar velocidade da web em Cuba
Estadão-Google fecha acordo para acelerar acesso à internet em Cuba

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *