Início » Vida » Comportamento » Gráfico mostra índices do consumo de vinho por país
In vino veritas

Gráfico mostra índices do consumo de vinho por país

Russos, chineses e norte-americanos encabeçam o aumento do consumo de vinho pelo mundo

Gráfico mostra índices do consumo de vinho por país
Os maiores enófilos continuam sendo os franceses e italianos (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Os norte-americanos entornaram mais vinhos, tanto espumantes como normais, do que qualquer outro país no ano passado. Eles encabeçam, junto com russos e chineses, o aumento do consumo de vinho global, que aumentou em 3,5 % desde2007. Somente os chineses beberam em 2011 20% a mais do que em 2010, usurpando o quinto lugar de consumo mundial de vinho da Inglaterra. Os consumidores chineses beberam 156 milhões de caixas de vinho em 2011 (uma caixa contém 12 garrafas de 0,75 litro), apesar de que isso representa pouco mais de um litro por pessoa para cada habitante com idade para ingerir bebidas alcoólicas legalmente.

Os maiores enófilos continuam sendo os franceses e italianos, mas eles têm diminuído o consumo nos últimos anos. Junto aos espanhóis, este grupo responde pela metade da produção mundial de vinho e tem se beneficiado de um aumento nas exportações – mais de uma em cada quatro garrafas de vinho são importadas. Os US$ 8,4 bilhões de exportações da França em 2010 foram as maiores em valor; enquanto os 243 milhões de caixas exportadas pela Itália (um aumento de 43% em relação a 2007) foram as maiores exportações de vinho em volume.

 

Fontes:
The Economist - Grape expectations

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. marcia bonamichi disse:

    SOU POBRE, NAO GOSTO DE VINHO, GOSTO MESMO É DE UMA CERVEJINHA…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *