Início » Economia » Indústria brasileira demite e dá férias coletivas
Estagnação

Indústria brasileira demite e dá férias coletivas

Cortes atingem vários setores, de fabricantes de carros a companhias de eletroeletrônicos

Indústria brasileira demite e dá férias coletivas
Linha de montagem da GM (Fonte: Reprodução/GM)

O ano de 2012 começou com demissões e com empresas dando férias coletivas a seus funcionários em São Paulo e na Zona Franca de Manaus, refletindo a estagnação que desde o ano passado assola a indústria brasileira.

Dados preliminares mostram que ao menos 1.720 trabalhadores da indústria já foram dispensados neste ano. Os cortes atingem vários setores, de fabricantes de carros a companhias de eletroeletrônicos.

GM: 800 cortes em três meses

O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos diz que a General Motors já demitiu 800 trabalhadores nos últimos três meses. O sindicato acusa a empresa de promover uma reestruturação à força, sem negociação. A companhia diz que houve apenas um programa de demissões voluntárias.

A fábrica da Bosch em Campinas cortou 130 trabalhadores em 2012. A fábrica da LG em Taubaté, também no interior paulista, deu férias coletivas aos seus operários. Até a Foxconn, que ainda está na fase de montagem de sua linha de produção de iPhones e iPads, já estaria planejando reduzir seus quadros.

Fontes:
O Globo - Indústria brasileira começou o ano com demissões e férias coletivas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Luiz A. F. Ramos disse:

    Então alguém está mentindo. Creio que seja o governo federal, acostumado a dourar a pílula em época de eleições. A guerrilheira ainda não disse a que veio.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *