Início » Economia » Líderes do G20 citam preocupação com desigualdade
Pela primeira vez

Líderes do G20 citam preocupação com desigualdade

Receio é de que a diferença entre ricos e pobres possa ameaçar a estabilidade econômica e política

Líderes do G20 citam preocupação com desigualdade
Criança trabalha em um lixão em Acra, Gana (Fonte: Reprodução/ Renée C Byer)

Autoridades do G20 demonstraram pela primeira vez uma preocupação conjunta com o aumento da desigualdade de renda no mundo.

A decisão de mencionar explicitamente a desigualdade em um comunicado reflete a preocupação cada vez maior dos líderes econômicos do G20 de que a diferença entre ricos e pobres tenha aumentado após a crise econômica de 2008 e possa ameaçar a estabilidade econômica e política.

Os líderes do G20 ressaltaram ainda que vão se esforçar para “garantir que o crescimento seja inclusivo, em particular por meio de políticas que contemplem a desigualdade de renda”.

As informações constam em um rascunho de um comunicado que será divulgado após o fórum de Istambul, que conta com a participação da presidente do Fed, Janet Yellen, e do presidente do Banco da Inglaterra, Mark Carney. Ambos estão entre os que afirmaram nos últimos meses que a desigualdade poderia representar um risco econômico.

De acordo com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a diferença entre ricos e pobres está em seu nível mais alto dos últimos 30 anos na maioria dos países que a compõem.

Fontes:
Uol - G20 sinaliza flagelo da desigualdade de renda pela primeira vez

1 Opinião

  1. André Luiz D. Queiroz disse:

    O que não é dito no artigo é que as maiores desigualdades de renda ocorrem justamente nos países mais pobres, onde também a maior parte da população tem pouca ou nenhuma escolaridade, e o regime político desses países é todo voltado para a manutenção dos privilégios das oligarquias locais. Qualquer semelhança com a realidade brasileira, especialmente nos estados do Nordeste e Norte do Brasil, não é mera coincidência!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *