Início » Economia » Lufthansa cancela rota para Venezuela
ISOLAMENTO

Lufthansa cancela rota para Venezuela

Várias outras operadoras internacionais têm interrompido ou reduzido suas operações no país

Lufthansa cancela rota para Venezuela
A decisão da Lufthansa é um sinal desastroso de como anda a economia venezuelana (Foto: Pixabay)

A Lufthansa cancelou o único voo entre Alemanha e Venezuela, agravando o crescente isolamento do país sul-americano. A empresa disse que vai cancelar a rota a partir de 17 de junho.

Leia mais: Coca-Cola paralisa produção de refrigerantes na Venezuela
Leia mais: Crise de energia na Venezuela agrava situação econômica

Várias outras operadoras internacionais têm interrompido ou reduzido suas operações no país, incluindo a Air Canada, a American Airlines e a Alitalia, em grande parte por causa do forte controle da moeda do governo socialista.

O Fundo Monetário Internacional acredita que a economia venezuelana vai diminuir 8% este ano e 4,5% em 2017.

A decisão da Lufthansa é um sinal desastroso de como anda a economia venezuelana, que está sendo marcada por falta de comida e medicamentos, além de racionamento de energia e de água.

A demanda pela rota diminuiu nos últimos anos, e poucos executivos visitam o país. Companhias aéreas têm dificuldades em repatriar o dinheiro recebido de clientes da Venezuela na moeda local devido ao forte controle de câmbio, fazendo com que algumas só aceitem pagamento em dólar.

A oposição do governo disse que já coletou 1,8 milhões de assinaturas, que é o primeiro passo para pedir um referendo para retirar Nicolás Maduro do poder.

Fontes:
Financial Times-Lufthansa grounds flights to struggling Venezuela
BBC-Lufthansa to suspend flights to Venezuela

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *