Início » Economia » Maior produtor do mundo, Brasil importará café do Vietnã
AGRONEGÓCIO

Maior produtor do mundo, Brasil importará café do Vietnã

Maior produtor do mundo, o país importará 1 milhão de sacas de café do Vietnã durante quatro meses

Maior produtor do mundo, Brasil importará café do Vietnã
Será a primeira vez que o Brasil comprará uma quantidade significativa de café de concorrentes (Foto: Pixabay)

Após uma queda na produção de um dos tipos de café produzidos no país, o governo brasileiro importará 1 milhão de sacas durante quatro meses para compensar a quebra de safra. Será a primeira vez que o Brasil, maior produtor mundial de café, comprará uma quantidade significativa do produto de concorrentes.

O governo autorizou a compra do café robusta, um tipo mais amargo e mais barato e que é utilizado na produção de café solúvel. Serão importados cerca de 250 mil sacas de café robusta por mês entre fevereiro e maio, com imposto de 2%, vindas do Vietnã – maior produtor da variedade. De 1997 a 2017, o país importou apenas 7 mil sacas de café.

A quebra na safra foi provocada por uma seca que atingiu principalmente o Espírito Santo, encolhendo a produção do café robusta para 7,99 milhões de sacas em 2016 – 30% a menos que em 2015. Com isso, o preço do café solúvel subiu 14,9% em 12 meses até janeiro de 2017, segundo o IBGE (IPCA), e o café em pó teve alta de 20%. A escassez de água não afetou a produção do café arábica, um tipo mais nobre.

De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a expectativa é que a produção de robusta atinja 9,6 milhões de sacas. No entanto, o número ainda é abaixo do pico de 2014, quando foram colhidas 13 milhões de sacas.

A medida vem sendo alvo de críticas de produtores capixabas, que alegam ter estoque de 4 milhões de sacas no estado. Entretanto, o governo afirma que há 1,8 milhão de sacas para serem comercializadas e que há um déficit de 1,27 milhão para atender a indústria.

Controle de pragas

Na última segunda-feira, 20, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento publicou uma portaria que estabelece requisitos fitossanitários para que o Brasil possa importar o café vindo do Vietnã. A medida fixa exigências para evitar a entrada de pragas que possam afetar a produção nacional futuramente.

Os grãos de café importados deverão vir acompanhados de Certificado Fitossanitário emitido pela Organização Internacional de Proteção Fitossanitária do Vietnã (ONPF). Essa era a última etapa para que as importações fossem iniciadas.

Fontes:
Folha de S. Paulo-Maior produtor do mundo, Brasil importa café após quebra de safra
Reuters-Brasil estabelece requisitos fitossanitários para importação de café do Vietnã

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. laercio disse:

    Tal importação é produto da falta de gerenciamento no Brasil. Jamais haveria seca se fossem feitos as obras necessárias para translado das aguas pluviais e fluviais bem como reservatórios e politicas contra o desperdício.
    Então a seca está fora de cogitação.
    No Brasil há muitos interesses que são alcançados não diretamente mas sim através de “curvas”; se alcança o desejado por meio de outros fatores direto e indiretos…uma breve sobre isto seria o favorecimento das alíquotas de importação em detrimento do transporte de cargas brasileiro…
    Agora, colocar culpa na seca?…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *