Início » Economia » Medida para conter dólar não surte efeito
Economia

Medida para conter dólar não surte efeito

Moeda estrangeira é cotada em seu menor valor em dois anos e meio, em R$ 1,59, refletindo o ceticismo do mercado financeiro

Medida para conter dólar não surte efeito
A alta da taxa de juros no país é um atrativo para o grande fluxo de dólares ao Brasil (Fonte: Corbis)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Um dia após o Ministério da Fazenda ter anunciado nova medida para conter a entrada de dólares no país, a moeda estrangeira é cotada em seu menor valor em dois anos e meio: R$ 1,59.

O ministro da Fazenda Guido Mantega ampliou a cobrança de 6% de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre os empréstimos de bancos e empresas brasileiras no exterior com prazos menores do que 720 dias (dois anos), nesta quinta-feira, 07.

No mercado financeiro, a medida é encarada com ceticismo, e não deve ser suficiente para conter a valorização do real. A alta da taxa de juros no país é um atrativo para o grande fluxo de dólares ao Brasil, e a consequente valorização da moeda nacional.

“Essa medida deverá afetar mais o canal de crédito e auxiliar a política monetária [no controle da inflação] do que interferir na taxa de câmbio”, diz o economista Flávio Samara, da LCA Consultores, em entrevista à Folha de S. Paulo.

Mas mesmo na emissão de crédito, a medida deve ser pouco efetiva, explica o economista José Alfredo Lamy, da Cenário Investimentos. Segundo ele, as empresas brasileiras vêm fazendo emissões no exterior com prazos mais longos do que dois anos.

“Existe muita liquidez [oferta de crédito] no mercado externo para as empresas brasileiras, inclusive com prazos mais longos”, disse.

Segundo Cristiano Souza, economista do banco Santander, três quartos da valorização do real se devem ao aumento dos preços das commodities. “Apesar de todas as medidas, o real continua se apreciando. A valorização tem mais a ver com os preços das matérias-primas do que com o cenário interno”, disse.

Fontes:
O Globo - Aumento do IOF não surte efeito e dólar já vale menos de R$ 1,60
Folha.com - Para economistas, esforço contra queda do dólar não será suficiente

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *