Início » Economia » Minha moeda é mais forte que a sua
Inveja monetária

Minha moeda é mais forte que a sua

A psicologia das taxas de câmbio: pessoas assiociam o tamanho da cotação de uma moeda a seu prestígio

Minha moeda é mais forte que a sua
Dolar de hong kong perdeu a paridade com a moeda chinesa yuan (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Desde janeiro de 2007, um dólar de Hong Kong vale menos que um yuan. De acordo com Joseph Yam, ex-presidente da Autoridade Monetária de Hong Kong, isso tem importância para habitantes de Hong Kong em visita à China. Em um estudo publicado neste mês, ele descreveu “a sensação de desespero” experimentada por alguns de seus amigos de Hong Kong quando sua moeda perdeu a paridade com a moeda chinesa. Eles se preocupavam com a possibilidade de os chineses “menosprezarem o valor da moeda das pessoas de Hong Kong”. Esta é uma razão, ainda que seja das mais triviais, que pode fazer com que Hong Kong reavalie a longeva atrelagem de sua moeda ao dólar, afirma Yam.

Para a maioria dos economistas, incluindo Yam, tudo soa um pouco maluco. Mas as pessoas de fato parecem associar o tamanho de uma cotação a seu prestígio. Elas acham que uma moeda é “maior” que a outra se uma unidade dela puder ser trocada por mais de uma unidade da outra. Desse modo, os preços estrangeiros são divididos, não multiplicados; diminuídos, não aumentados, quando convertidos para a cotação natal.

O título da “maior” moeda do mundo pertence ao dinar do Kuwait, que hoje em dia vale US$ 3,58. O poderoso dólar americano fica em 11° lugar, ao lado dos dólares de Bermuda e Bahamas, e da balboa do Panamá. O dólar de Hong Kong, em contraste, fica cerca de 60 posições abaixo na lista, superado não apenas pelo yuan chinês, mas também pela pula de Botswana e pelo boliviano da Bolívia. Mas antes de sentir pena deles, pense um pouco nos vietnamitas. Com o ocaso do dólar de Zimbábue, a moeda destes é agora a menor cotação do mundo. Aonde quer que vão, eles têm que multiplicar, nunca dividir.

Fontes:
The Economist-My money is bigger than yours

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *