article image
Fonte: Economist
Nestlé

A maior empresa de alimentos do mundo investe em saúde

fonte | A A A

A Nestlé está analisando o chocolate não como um simples doce, mas sim como um produto farmacêutico.

Em épocas de recessão investimentos desse tipo parecem não fazer sentido, mas na verdade mostra a estratégia da Nestlé para aumentar as vendas. Apesar de a empresa ser conhecida por seus alimentos açucarados, a Nestlé quer se transformar em uma líder em produtos saudáveis e nutritivos. Nos Estados Unidos a venda de alimentos funcionais cresceu 15.8% entre 2002 e 2007. A PricewaterhouseCoopers prevê um crescimento de US$ 78 bilhões em 2007 para US$ 128 bilhões em 2013.

Para a Nestlé, a ideia de nutrição personalizada pode se tornar um sucesso. Assim como as empresas de remédios, que passaram a fabricar medicamentos levando em consideração as variações genéticas das pessoas, a Nestlé quer oferecer produtos para cada tipo de subgrupo da população. A utilização de ingredientes mais saudáveis pode ajudar a aumentar as vendas em países ricos e a conquistar outros mercados. Um estudo da Harvard Business School mostrou que entre 2004 e 2007 a venda de produtos que contêm ingredientes funcionais aumentou 23.7%. Já os alimentos comuns tiveram crescimento de apenas 6.2%.

Leia Mais:

Regulando alimentos que fazem bem à saúde

De volta ao topo comentários: (2)

Sua Opinião

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Estado

Cidade

  1. Fernando Luiz da Silva disse:

    Com os anos, a gente se engana no supermercado
    pensa comprar requeijão fino ou iogurte requintado…
    Mas, leva alimento lácteo, com amido modificado.
    Comia-se pouco creme de leite, pela fama de ser forte…
    Hoje é goma, água e carboxi-metil-celulose.

    O doce de leite era no tacho, penosamente apurado…
    Hoje, é glucose industrial, com leite aromatizado.
    Há! o cacau em pó! encorpado no sabor…
    Hoje, é açúcar achocolatado pra dar cor.

    Do pozinho pra suco, desse eu não direi nada…
    No meu tempo de menino, se bebia limonada!
    Também do refrigerante, nem direi o que eu acho…
    Jogar ácido fosfórico goela abaixo?

    Ao chegar aos salgadinhos, perco a esperança…
    Dar glutamato monosódico, “pra” criança?
    Notaram que panetone, nunca mais embolora…
    O sorbato de potássio, mata tudo ali na hora!

    Alface dava na horta, competindo com o mato…
    Hidropônica é limpinha, mas pode ter nitrato!
    Dizem estar o bife, de hormônio impregnado…
    Dando muito jovem, careca e delicado.

    O frango leva a fama, de ter antibiótico…
    Quem isso comenta, é tido por neurótico.
    Ignoramos muito, muita coisa a apreender…
    Quanta gordura trans, já comemos sem saber?

    Defender a Amazonia, requer muita perícia…
    Mas quem nos defenderá, da indústria alimentícia?
    Jovens! dois conselhos, porque a coisa esta feia…
    Se for dirigir não beba… e se for comer não leia!
    Fernando Luiz da Silva

  2. Alfredo Sloane disse:

    A Nestlé está seguindo uma estratégia sensata de migrar para produtos de maior valor agregado, os alimentos funcionais, e consequentemente maior margem de lucro. Embora eu tenha dificuldade em acreditar em empresas éticas, a Nestlé seria talvez uma candidata a esse título.