Início » Economia » Internacional » Antes desprezado, setor da maconha está se tornando respeitável
O negócio da maconha

Antes desprezado, setor da maconha está se tornando respeitável

Nos EUA há uma sensação de que existe um setor a ser construído ao invés de uma batalha a ser disputada

Antes desprezado, setor da maconha está se tornando respeitável
É provável que vários outros estados americanos legalizem a maconha nos próximos anos (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Muitos empreendedores exibiram os seus produtos nesta semana em uma feira de maconha em Denver organizada pelo ArcView, um grupo de investimentos. Ao todo foi angariado mais de US$ 1 milhão para novas empresas relacionadas à maconha. Mas, salvo pelos grandes vasos de plantas no palco, em muitos sentidos o congresso não era diferente de outros encontros de investidores e executivos americanos.

Gravatas, mulheres e pessoas não brancas eram raras. As propostas eram salpicadas do jargão do ramo e projeções de receita otimistas e entusiasmadas, embora nem sempre houvesse uma indicação clara do produto ou serviço oferecido. Mas também havia uma forte atmosfera de camaradagem, uma sensação de que ali havia um setor a ser construído ao invés de uma batalha a ser disputada.

Isso se deve ao fato de que finalmente as coisas parecem estar se estabilizando para o setor de maconha nos EUA. Em 1996 a Califórnia se tornou o primeiro estado a legalizar a droga para o uso medicinal (19 outros e Washington, DC, vieram em seguida).

Em novembro de 2012 Colorado e Washington se tornaram os primeiros estados a legalizar completamente a droga. No mês passado o governo federal sinalizou que não impedirá os seus experimentos contanto que eles estejam regulados apropriadamente.

Sendo que é provável que vários outros estados legalizem a maconha nos próximos anos, não surpreende o fato de que metáforas reminiscentes da era da corrida de ouro estejam sendo evocadas. O mercado legal de maconha totalizava US$ 1,2 bilhão em 2011, estima o ArcView, e agora ele já é muito maior. Alguns consideram que um setor totalmente legalizado totalizará US$ 100 bilhões ou mais.

Fontes:
The Economist-Here come the suits, man

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *