Início » Economia » Negócios » Boeing e Airbus não estão felizes
Aviação

Boeing e Airbus não estão felizes

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Os gigantes da aviação dizem que seus sistemas de produção estão com problemas, embora aparentemente por razões diferentes. Enquanto a Airbus precisa de maior flexibilidade, a Boeing quer transferir a culpa pelos atrasos do 787 Dreamliner para seus parceiros.

Nesta semana, Louis Gallois, presidente da EADS, um conglomerado aeroespacial dono da Airbus, disse que a fabricante precisa mudar grande parte da sua produção para a "zona do dólar" ou para países com baixo custo de produção. Louis Gallois estima que cada aumento de 10 centavos no valor do euro custa cerca de US$ 1,4 bilhão à Airbus.

Há poucas semanas, Mike Bair, responsável pelo programa 787 Dreamliner da Boeing, disse que, no futuro, a empresa não confiará seus projetos a parceiros que se mostraram incapazes. Bair disse ainda que pretende fazer os fornecedores construírem fábricas perto do principal centro de operações da Boeing.

Fontes:
Economist - Aviation -- Opposite headings?

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *