Início » Economia » Negócios » Casa Civil é acusada de favorecer compradores da Varig
Fraude

Casa Civil é acusada de favorecer compradores da Varig

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Denise Abreu, ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), revelou que foi pressionada pela ministra Dilma Rousseff e pela secretária-executiva da Casa Civil, Erenice Guerra, a tomar decisões favoráveis à venda da VarigLog e da Varig ao fundo americano Matlin Patterson e aos três sócios brasileiros Marco Antônio Audi, Marcos Haftel e Luiz Gallo em 2006.

Denise conta que queria documentos comprovando a origem de capital e a declaração de renda dos sócios brasileiros para verificar se tinham recursos para a compra, uma vez que a lei brasileira proíbe estrangeiros de ter mais de 20% do capital das companhias aéreas.

"A ministra não queria que eu exigisse os documentos. Dizia que era da alçada do Banco Central e da Receita e falou que era muito difícil fazer qualquer tipo de análise tentando estudar o Imposto de Renda porque era muito comum as pessoas sonegarem no Brasil", disse Denise.

 

Fontes:
O Estado de S. Paulo - Ex-diretora da Anac acusa Casa Civil de favorecer comprador da Varig

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Evandro Correia disse:

    Essa Denise é aquela que comemorava em festa, fumando charuto, a queda do avião da TAM. Não sei se dá para acreditar nela.

  2. Rafael l Caso disse:

    Esta muito claro que este governo veio para limpar os cofres com muita gula.

  3. Evandro Correia disse:

    A Dilma deve ter levado uma boa comissão nesse negócio.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *