Início » Economia » Negócios » CEO da Wal-Mart dá a volta por cima, mas vai se aposentar em janeiro
Administração

CEO da Wal-Mart dá a volta por cima, mas vai se aposentar em janeiro

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

No ano passado parecia cada vez mais provável que o período de Lee Scott como executivo-chefe da Wal-Mart terminaria em pouco tempo, embora contra sua vontade. As vendas e o lucro da maior varejista do mundo estavam diminuindo no mercado norte-americano.

O preço da ação da Wal-Mart caiu quase um terço em relação ao seu recorde, em 1999. Além disso, a empresa foi processada por funcionárias que alegavam discriminação contra as mulheres. Lee Scott, que entrou na Wal-Mart em 1979 e assumiu o cargo de CEO em 2000, enfrentava tempos difíceis.

Mas, desde então, houve uma reviravolta na empresa. Entretanto, no dia 21 de novembro a Wal-Mart anunciou que Lee Scott deixaria o cargo de CEO no fim de janeiro. A notícia foi recebida com surpresa. Ninguém duvidou que a decisão foi tomada pelo próprio Lee Scott.

A contração do crédito se tornou uma aliada de Scott. Os preços baixos oferecidos pela Wal-Mart passaram a atrair também os consumidores de maior renda e a estratégia de aumentar a variedade de produtos para atrair gostos mais sofisticados se mostrou melhor do que esperado. Hoje, as ações da empresa velam cerca de 20% mais do que no início do ano.

Fontes:
Economist - From bad to great

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *