Início » Economia » Negócios » Coca-Cola quer se tornar uma paixão chinesa
Pequim 2008

Coca-Cola quer se tornar uma paixão chinesa

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Na China, a Pepsi é a número um, mas os primeiros resultados da campanha da Coca-Cola enquanto patrocinadora das Olimpíadas, que começou no início de 2007, mostram que esta liderança está sendo abalada.

No ano passado, a marca Coca-Cola ganhou 22% do mercado chinês de refrigerantes gaseificados, mas ainda está atrás da parcela de 22,9% da Pepsi, que, em 2006, era de 23,3%. A Coca-Cola é a líder global entre os refrigerantes tipo cola, dominando aproximadamente metade do mercado — mais do que o dobro da parcela da Pepsi-Cola.

Um estudo recente revelou que cerca de 47% dos chineses identificam a Coca-Cola como um patrocinador dos Jogos. Apenas 3% associam as Olimpíadas a outros patrocinadores de alto nível, como o McDonald's e a Adidas.

Wall Street Journal

Fontes:
Washington Post - Coke Pins China Hopes

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *