Início » Economia » Negócios » Combatendo a visão de curto-prazo
Investimentos

Combatendo a visão de curto-prazo

Combatendo a visão de curto-prazo
Fonte: Economist

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A visão de curto-prazo das empresas e acionistas ficou evidente com a crise financeira. O que se procura agora são formas de incentivar uma visão de longo-prazo para os investidores.

Uma das propostas em estudo é criar “bônus de lealdade” para acionistas que fiquem com as mesmas ações por mais de quatro anos. Eles poderiam ter direito a mais dividendos ou até a direitos ampliados de voto.

De acordo com a revista Economist, o que precisa ser incentivado é uma atitude diferente dos investidores, para que eles ajam mais como donos. Os governos precisam trabalhar em formas de regular e definir os deveres do acionistas.

Fontes:
Economist - Schumpeter: A different class

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. jaderdavila thesmallshareholder disse:

    jaderdavila the small shareholder
    eu sugiro o balanço virar uma coisa mais clara para os leigos.
    tem muita gente com dez mil reais bobeando, que nao da pra firma, porque nao entende o balanço.
    dificil alguem se meter no que nao entende.
    quando a firma diz oque quer fazer, vc empresta o dinheiro, e recebe um pedaço da colheita depois, tudo mundo ganha.
    mas a firma sendo uma caixa preta, ela só consegue dinheiro no banco.
    e isso é muito mais caro.
    as leis como estao sao boas. é um problema só de comunicaçao.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *