Início » Economia » Negócios » Einstein e Heath Ledger estão entre os mortos que mais geram dinheiro
Forbes

Einstein e Heath Ledger estão entre os mortos que mais geram dinheiro

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O cientista figura entre os primeiros de uma lista das dez celebridades mortas que mais geraram dinheiro nos últimos 12 meses, quando só ele foi responsável por US$ 18 milhões em royalties. Sua imagem é explorada pela Disney e pela Nestlé, entre outras empresas.

A última versão da lista anual da revista Forbes coloca Albert Einstein atrás apenas de Elvis Presley, do caricaturista Charles M. Schulz e do ator Heath Ledger, morto neste ano. O legado financeiro de Ledger se deve à participação nos lucros do filme "Batman, o cavaleiro das trevas", no qual interpretou o personagem Coringa.

O beneficiário do patrimônio de Einstein é a Universidade Hebraica de Jerusalém. Completam a lista o produtor de TV Aaron Spelling, o escritor e cartunista norte-americano Dr. Seuss, John Lennon, Andy Warhol, Marylin Monroe e Steve McQueen.

Fontes:
Guardian - Albert Einstein's theory of royalty longevity

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Benedito Lacerda disse:

    Engraçado essa dos defuntos rendendo dinheiro — Einstein, quem diria. Quanto a Elvis, os americanos brincam que o coisa mais esperta para a carreira dele foi morrer cedo.

  2. E Coelho disse:

    Alguns fanáticos dizem que Elvis não morreu…

  3. Bruno disse:

    Einstein só vem a confirmar o fato de que o judeu é um povo próspero até após a morte.
    Aliás, é o povo escolhido, que provoca um sentimento louco de inveja por parte dos países que cercam Israel e querem tomar posse de Jerusalém. Esses muçulmanos malucos que acham ter parte na terra santa. (bando de loucos, fanáticos!!!)

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *