Início » Economia » Negócios » Estatal chinesa compra sete concessionárias por R$ 3,097 bilhões
Alta negociação

Estatal chinesa compra sete concessionárias por R$ 3,097 bilhões

A China fechou, nesta segunda-feira, 17, um contrato que representa o maior investimento do país no Brasil

Estatal chinesa compra sete concessionárias por R$ 3,097 bilhões
A transação será realizada pela subsidiária da estatal, State Grid International Development

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A China fechou, nesta segunda-feira, 17, um contrato que representa o maior investimento do país no Brasil. Junto às espanholas Cobra, Elecnor e Isolux, a estatal chinesa State Grid vai comprar sete concessionárias de energia no Brasil por R$ 3,097 bilhões.

O negócio prevê a transferência de 100% do capital de cinco empresas transmissoras de energia: Ribeirão Preto, Serra Paracatu, Poços de Caldas, Itumbiara e Serra da Mesa. Órgãos reguladores ainda precisam aprovar a negociação. Os chineses também compraram 75% da Expansión Transmissão de Energia Elétrica (que opera no Distrito Federal, em Goiás e em Minas Gerais) e da Expansión Transmissão Itumbiara Marimbondo.

Antes deste contrato, o maior investimento chinês no Brasil havia sido no setor de mineração, com a compra da Itaminas por US$ 1,2 bilhão, em março.

De acordo com o Ministério do Comércio, no primeiro trimestre deste ano, os investimentos diretos da China em outros países somaram US$ 7,52 bilhões, uma alta de 103,3% em relação ao mesmo período de 2009.

A estatal chinesa State Grid cobre 88% do território chinês e é a maior empresa de transmissão e distribuição de energia da China e do mundo, com faturamento de US$ 164 bilhões em 2008. Com 1,5 milhão de empregados, a estatal é a 15ª maior companhia do planeta, de acordo com o ranking da revista Fortune.

Leia mais:

Empresas da China estão comprando as do Japão

Fontes:
Estadão - Estatal chinesa compra sete concessionárias de energia no Brasil por R$ 3 bilhões

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *