Início » Internacional » Ex-embaixadora dos EUA na ONU é nomeada diretora da Boeing
NEGÓCIOS

Ex-embaixadora dos EUA na ONU é nomeada diretora da Boeing

Nikki Haley representou os EUA na ONU entre 2017 e 2018. A nova diretora da Boeing também foi a primeira mulher governadora da Carolina do Sul

Ex-embaixadora dos EUA na ONU é nomeada diretora da Boeing
Nomeação de Haley ainda está sujeita à aprovação de acionistas (Foto: Nikki Haley/Twitter)

A ex-embaixadora dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas (ONU) Nikki Haley foi nomeada para o conselho de diretores da Boeing. O anúncio foi feito na última terça-feira, 26, e a nomeação ainda depende da aprovação de acionistas, que devem se manifestar na assembleia do próximo dia 29 de abril.

“A embaixadora Haley traz à Boeing um excelente histórico de conquistas no governo, parceria com a indústria, e impulsionou com sucesso a prosperidade econômica para as comunidades na América e em todo o mundo. […] A Boeing se beneficiará enormemente de suas amplas perspectivas e combinará experiência diplomática, governamental e empresarial para ajudar a alcançar nossa aspiração de ser o melhor da indústria aeroespacial e um campeão industrial global”, afirmou o presidente e diretor executivo da Boeing, Dennis Mullenburg.

Nikki Haley tem 47 anos e chamou a atenção por sua atuação ao representar os Estados Unidos na ONU. Em 2018, porém, a então embaixadora renunciou ao seu cargo sem revelar o motivo. Formada em contabilidade pela Universidade de Clemson, Haley foi a primeira mulher a ser governadora da Carolina do Sul.

A vida política de Nikki Haley começou em 2004, quando foi eleita para a Câmara de Deputados da Carolina do Sul pela primeira vez, cumprindo, ao todo, três mandatos. Em 2011, foi eleita governadora do estado, cargo no qual permaneceu até 2017, quando foi nomeada pelo presidente Donald Trump para a ONU – a nomeação ocorreu em 2016, mas Haley só assumiu o cargo em 2017 –, permanecendo até dezembro de 2018.

“É uma honra ter a oportunidade de contribuir para o sucesso contínuo da Boeing como líder do setor de ponta e uma grande empresa americana. […] A Boeing não é apenas a maior empresa aeroespacial do mundo e a maior exportadora dos EUA, mas também entende a importância do trabalho em equipe e da construção de comunidades por meio de sua rede de fornecedores em todos os 50 estados e em todo o mundo”, apontou Haley.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *