Início » Economia » Negócios » Executivos-chefes também são ameaçados pelo desemprego
Crise

Executivos-chefes também são ameaçados pelo desemprego

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Só em dezembro do ano passado 524 mil norte-americanos perderam seus empregos, e a retração do mercado de trabalho está chegando também aos executivos-chefes: em apenas oito dias, completados na última segunda-feira (12/01), seis CEOs de empresas de capital aberto dos EUA foram demitidos.

As seis empresas nas quais eles trabalhavam estão às voltas com resultados financeiros ruins, preços das ações em queda e críticas de investidores. Outras companhias estão na mesma situação. Muitos especialistas veem nessas demissões um prenúncio de que haverá ainda mais dispensas de altos executivos em 2009.

Uma pesquisa informal com investidores, consultores e especialistas em governança corporativa resultou numa lista com os nomes de CEOs que estão com o emprego em xeque. Entre eles, Rick Wagoner, da GM, Vikram Pandit, do Citigroup, e Kenneth Lewis, do Bank of America.

Fontes:
Wall Street Journal - CEO Firings On the Rise As Downturn Gains Steam

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Evandro Correia disse:

    Muito divertido ver estes CEOs, acostumados a mandar os outros embora, sendo mandados…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *