Início » Economia » Negócios » Fãs e executivos prestam homenagens a Steve Jobs
Apple

Fãs e executivos prestam homenagens a Steve Jobs

De licença médica desde janeiro, ele anunciou que deixará o cargo de presidente-executivo da Apple

Fãs e executivos prestam homenagens a Steve Jobs
Blogs e Twitter registraram explosões de mensagens lamentando anúncio de Jobs

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Após Steve Jobs renunciar ao cargo de presidente-executivo da Apple, fãs de diferentes partes do mundo prestaram homenagens ao executivo nesta quinta-feira, 25. Usuários dos produtos da marca já se sentem órfãos digitais com a saída de Jobs. Fãs de São Francisco a Seul, passando por Sydney, consideram o executivo muito mais que um dos fundadores da valiosa marca — e sim como um ícone do setor tecnológico.

Leia também: Steve Jobs deixa cargo de CEO da Apple
Leia também: A trajetória meteórica da Apple

Steve Jobs estava de licença médica desde janeiro e anunciou que deixaria o cargo de presidente-executivo da Apple nesta quarta-feira, 24. Jobs continua na empresa como presidente do conselho diretor, mas se distancia de muitas decisões. Minutos depois do anúncio, blogs e Twitter registraram explosões de mensagens lamentando o afastamento de Jobs.

O jornalista e romancista britânico Tony Parsons foi um dos que se manifestaram através do microblog: “Steve Jobs foi o Leonardo da Vinci da nossa era. Então, obrigado, Sem você teria sido feio, difícil e tedioso”, declarou. Os usuários do Twitter usaram a hastag #SteveJobs para publicar suas mensagens.

As homenagens mais significativas, no entanto, vieram das marcas rivais da própria indústria de tecnologia. Entre eles, o presidente executivo da Sony, Howard Stringer: “Acho que seu brilho foi testemunhado por todos, o que fica esquecida é a bravura com a qual ele enfrentou sua doença. Para ele alcançar todo esse sucesso nestas circunstâncias duplica o seu legado”, declarou em um comunicado.

Eric Schmidt, presidente do conselho da Google, e executivos da sul-coreana Samsung também se manifestaram. A Samsung disputa na Justiça, com a Apple, direitos sobre patentes. A saída de Jobs poderia beneficiar a Samsung na concorrência no mercado de smartphones e tablets, porém, um funcionário da empresa descartou a possibilidade: “A Apple já se fixou como um ícone. Então, eu não acho que algo grande esteja para acontecer por causa da ausência de Jobs”, afirmou o executivo que se identificou como Kim.

Fontes:
OGlobo - Seguidores e concorrentes da Apple fazem homenagens a Steve Jobs

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. André Vinícius Vieites disse:

    Steve Jobs é um motor. O motor, feito com uma única molécula com diâmetro de um bilionésimo de metro, é tema de um artigo no periódico Nature Nanotechnology.

    Por suas dimensões minúsculas, o motor pode ser útil em nanotecnologia e medicina, onde pequenas quantidades de trabalho podem ser aproveitadas de maneira eficiente.

    Motores feitos com uma única molécula já foram construídos antes, mas esse é o primeiro que pode ser movido individualmente por uma corrente elétrica.

    Steve Jobs é um motor. É o km de vida dele que se tornou as vontades decisórias da nossa era.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *