Início » Economia » Negócios » Ferrovias usam TI para melhorar desempenho
Tecnologia nos transportes

Ferrovias usam TI para melhorar desempenho

A tecnologia aplicada aos transportes vem resultando em grandes ganhos para as empresas do setor, que aplicam a informática no funcionamento de bitolas e trilhos e com isso reduzem custos de manutenção e combustível.

Nos últimos anos, a Vale do Rio Doce, que controla 9,8 mil quilômetros de malha ferroviária no país, investiu no desenvolvimento de um computador de bordo para as locomotivas e acoplou um sistema aos vagões para indicar ao maquinista a condição do trem. Com isso, a Vale deixou de gastar 40 milhões de litros de diesel.

A MRS Logística, com 14 mil vagões e 500 locomotivas em atividade, instalou sensores próximos às rodas dos vagões. Neste ano, a MRS vai gastar R$ 30 milhões com TI, enquanto a Vale investirá US$ 100 milhões em tecnologia até 2009.

 

Fontes:
Valor Econômico - Ferrovias levam simuladores de tráfego e software para os trilhos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

5 Opiniões

  1. Markut disse:

    É pecaminoso não utilizar de forma massiva o transporte ferroviário, num país com as dimensões continentais do nosso. Seria um investimento em infraestrutura largamente compensado na relação custo/benefício. com vantagens para o tão anunciado e desmoralizado PAC, tanto para cargas, como para passageiros.

  2. LUIS disse:

    Realmente o sr. Markut tem razão ja fui varias vezes ao brasil a varios estados e numca percebi nem nunca nenhum brasileiro me conseguiu responder porque e que um pais tao grande e com um potencial fabuloso tem uma ferrovia quase inexistente, penso quemaisuma vez neste capitulo governo e maniatado pelos interesses economicos esses sim são os verdadeiros donos do país e não os brasileiros esses sim deviam ser os governantes mas infelismente e o pior que o brasil tem são os politicos…

  3. Dorival Silva disse:

    Eu acho que a partir de Juscelino (1955-1960) houve uma cumplicidade entre governo e empreiteiras para abandonar o sistema ferroviário e investir no rodoviário, que proporciona grandes obras para esses verdadeiros bandidos. Não é à toa que o Mendes Jr. era amigo íntimo de Tancredo, dava emprego para a amante dele, quando Sarney tomou posse quem era o melhor amigo dele? Mendes Jr.

  4. Camilo Terras disse:

    Que história é essa de amante? ACho que o Presidente Tancredo merece mais respeito!

  5. Dorival Silva disse:

    Prezado Camilo, Tancredo foi muita coisa, ministro, governador, etc, mas presidente nunca foi. Não foi empossado no cargo. A amante oficial dele, Da. Antonia, tinha um cargo de diretoria numa das empresas da Mendes Jr.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *