Início » Economia » Negócios » Gazprom reduzirá fornecimento de gás à Europa via Ucrânia
Rússia

Gazprom reduzirá fornecimento de gás à Europa via Ucrânia

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A gigante estatal de energia da Rússia anunciou que vai reduzir o envio de gás à Europa via Ucrânia para compensar o que Kiev teria roubado nos últimos dias dos gasodutos que atravessam seu território.

A redução de 65,3 milhões de metros cúbicos de gás, ou cerca de 20% do fornecimento diário, foi anunciada pelo executivo-chefe da Gazprom, Alexei Miller, durante um encontro televisionado com o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin. Miller disse que a Gazprom tomará medidas para compensar os consumidores europeus.

No dia 1º de janeiro a Gazprom cortou o fornecimento de gás à Ucrânia em meio a uma divergência sobre preços e pagamentos atrasados, mas manteve o envio de gás à Europa.

Fontes:
Washington Post - Gazprom reducing supplies through Ukraine

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Evandro Correia disse:

    Putin parece estar usando o seu gás para chantagear a Europa. Deve levar vantagem a curto prazo com aumento de preços, mas a longo prazo a Europa vai achar outras soluções.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *