Início » Economia » Negócios » Uma greve ‘internacional’
Vale Inco

Uma greve ‘internacional’

Uma greve ‘internacional’
Trabalhadores da Vale Inco em greve no Canadá

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Sindicalistas da Vale Inco desembarcam no Brasil para obter apoio à greve que mantêm há quase quatro meses no Canadá.

Darren Cove e Rick Bertrand, representantes da United Steel Workers (USW), o poderoso sindicato norte-americano do setor de aço, participarão de uma assembleia do sindicato de trabalhadores da Vale na cidade de Mangaratiba, no Rio de Janeiro. Eles também tentarão ser recebidos pelo ministro das Minas e Energia, Edison Lobão.

A principal razão da greve no Canadá é a proposta da mineradora de mudar o sistema de participação nos lucros, que hoje é baseado no desempenho do níquel no mercado internacional. A empresa quer fazer cortes no sistema de reajuste salarial e estabelecer um teto para o bônus do níquel, o que não é aceito pelos trabalhadores. A Inco, uma das maiores produtoras de níquel do mundo, foi comprada pela Vale em 2006 por US$ 13 bilhões.

Fontes:
Portal Exame - Grevistas da Vale Inco vêm pedir ajuda

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Evandro Correia disse:

    É muita falta do que fazer desses desordeiros, vir fazer bagunça aqui. Daqui a pouco vão estar participando do MST…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *