Início » Economia » Ninguém comprou o maior diamante do mundo
LEILÃO DE DIAMANTE

Ninguém comprou o maior diamante do mundo

O maior diamante bruto do mundo não foi vendido no leilão em Londres; os lances não atingiram o preço mínimo da joia

Ninguém comprou o maior diamante do mundo
Foi a primeira vez que um diamante bruto destas dimensões foi à venda pública (Foto: AFP/Reprodução)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O diamante Lesedi La Rona, que tem quase o tamanho de uma bola de tênis, não foi vendido na casa de leilões Sotheby’s, em Londres, na noite da última quarta-feira, 29, quando foi a leilão. A pedra de 1,109 quilates foi minada em Botswana em novembro do ano passado e, acredita-se, tem mais de 2,5 bilhões de anos.

Leia mais: “Maior diamante do mundo será leiloado, quebrando a tradição

Esperava-se que o diamante fosse vendido por uma quantia superior a US$ 70 milhões, mas o lance mais alto foi de US$ 61 milhões. O leilão na casa Sotheby’s foi a primeira vez que um diamante bruto dessas dimensões foi levado à venda pública.

A casa de leilões chamou a descoberta de “o achado de uma vida” e também que “todos os aspectos deste leilão não têm precedentes”.

O diamante Lesedi La Rona, que significa “nossa luz”, no idioma de Botswana, foi descoberto pela mineradora Lucara Diamond Corps. Depois de o diamante não ser vendido no leilão, as ações da empresa canadense que retém a posse da joia caíram 14% no mercado de ações de Toronto.

Fontes:
BBC-Lesedi la Rona diamond fails to sell in London auction

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *