Início » Economia » Nomeação de Boris Johnson para Ministério de Relações Exteriores gera polêmica
REINO UNIDO

Nomeação de Boris Johnson para Ministério de Relações Exteriores gera polêmica

Segundo o liberal democrata britânico Tim Farron, Johnson deveria pedir desculpas por ofensas anteriores

Nomeação de Boris Johnson para Ministério de Relações Exteriores gera polêmica
Boris Johnson, ex-prefeito de Londres e líder da campanha pró-Brexit (Foto: Wikimedia)

Na última quarta-feira, 13, a nova primeira-ministra britânica, Theresa May, nomeou Boris Johnson para o cargo de ministro das Relações Exteriores do Reino Unido. A escolha do ex-prefeito de Londres e líder da campanha pró-Brexit foi polêmica e teve reações negativas dentro e fora do país.

Leia mais: Cameron aconselha Theresa May a permanecer próxima da UE
Leia mais: As mulheres no topo da política mundial

Nesta quinta-feira, 14, o chanceler francês, Jean-Marc Ayrault, chamou Johnson de mentiroso. “Não estou nem um pouco preocupado com Boris Johnson, mas… durante a campanha ele mentiu muito para o povo britânico, e agora é ele quem está com as costas na parede”, disse Ayrault à rádio Europe 1. Já o líder liberal democrata britânico Tim Farron cobrou desculpas de Johnson por comentários anteriores. Ele afirmou que Johnson, antes de representar o Reino Unido no exterior, deve primeiro pedir desculpas ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, por insinuar que Obama não gosta do Reino Unido porque é “metade-queniano” e, em seguida, pedir desculpas aos líderes da União Europeia por dizer que seus planos para a Europa eram semelhantes aos de Hitler.

Johson não será o responsável pelas negociações sobre a separação do Reino Unido da União Europeia. David Davis, ex-líder do Partido Conservador e pró-Brexit, é quem vai conduzir a separação, ocupando um cargo ministerial especial para isto.

 

Fontes:
O Globo-Escolha de Boris Johnson para chanceler é criticada dentro e fora do Reino Unido
Agência Brasil-Boris Johnson é nomeado ministro das Relações Exteriores do Reino Unido
G1-Novo chanceler britânico é um mentiroso, diz ministro francês

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *