Início » Economia » Nova devastadora crise no mercado imobiliário à vista, diz FMI
Mercado mundial

Nova devastadora crise no mercado imobiliário à vista, diz FMI

O aumento generalizado dos preços em vários países, principalmente emergentes, representa uma ameaça à estabilidade econômica mundial

Nova devastadora crise no mercado imobiliário à vista, diz FMI
Aumento dos preços das casas é reflexo da recessão mundial (Foto: Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O FMI alertou o mundo nesta quarta, 11, sobre a possibilidade de outra devastadora crise na habitação. A divulgação de dados sobre preços do mercado imobiliário indica que a alta está muito acima da média histórica em vários países.

O aumento generalizado dos preços, principalmente em países emergentes, representa uma ameaça à estabilidade econômica mundial, já que  os países não têm conseguido controlá-los.

A análise de Min Zhu, vice-diretor do Fundo, não cita o Brasil, que teve alta de preços no ano passado de 7,4%, índice acima de sua média história e o sétimo maior em relação a 52 países.

Reflexo da recessão mundial

O aumento dos preços das casas é reflexo da recessão mundial, já que bancos centrais fizeram reduções recorde nas taxas de juros, colocando os valores em uma situação considerada arriscada pelo FMI.

Uma nova aceleração dos preços foi registrada este ano pelo índice mundial de preços da habitação do FMI: eles estão 3,1% mais caros do que no ano passado.

O maior aumento ocorreu nas Filipinas, onde os preços subiram 10,6%, seguido de Hong Kong (10,3%), Nova Zelândia (9,1%) e China (9,1%).

Fontes:
Folha de S. Paulo - Aumento global de preço de casas preocupa, diz FMI

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *