Início » Economia » O impacto da Bolsa de Valores da China na economia mundial
'Segunda-feira negra'

O impacto da Bolsa de Valores da China na economia mundial

A queda brusca causou perdas consideráveis nas bolsas mundiais e diminuição nos preços de algumas commodities

O impacto da Bolsa de Valores da China na economia mundial
Essa turbulência no mercado acionário chinês é um acontecimento incomum? (Foto: Wikimedia)

Como avaliar a extensão da forte queda na Bolsa de Valores da China em um único dia? Apelidado de “Segunda-feira Negra”, o dia 24 de agosto terminou com o registro de baixa de 8,5% no valor das ações na Bolsa chinesa, com perdas de centenas de bilhões de dólares de capitalização. A queda brusca causou perdas consideráveis nas bolsas mundiais e diminuição nos preços de algumas commodities. Mas essa turbulência no mercado acionário chinês é um acontecimento incomum?

A resposta a essa pergunta requer um conhecimento da volatilidade histórica do mercado acionário na China. Nos últimos 25 anos, só em 56% dos dias o índice composto de Xangai, o índice de referência das cotações do mercado de ações na China, fechou com uma variação de entre -1% e +1% no dia, com uma variação em média de 0,09%. As oscilações maiores, portanto, seriam normais. No entanto, de acordo com as expectativas, com o desenvolvimento e o fortalecimento do mercado financeiro da China a instabilidade do mercado de ações diminuirá.

grafico

(Reprodução/Economist)

 

Fontes:
The Economist-Was the crash that big?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *