Início » Economia » O mercado imobiliário de propriedades religiosas
CANADÁ

O mercado imobiliário de propriedades religiosas

O próspero mercado imobiliário de vendas de igrejas e propriedades religiosas de Vancouver tem características especiais

O mercado imobiliário de propriedades religiosas
Os bancos das igrejas com raízes europeias em Vancouver estão se esvaziando com mais rapidez do que em outras cidades do Canadá (Foto: Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

As vendas de propriedades das igrejas são comuns em diversos lugares, mas as transações imobiliárias de bens das igrejas têm crescido com rapidez em Vancouver, a metrópole ocidental do Canadá. Esse mercado próspero é resultado de dois fatores principais. Em primeiro lugar, os preços dos imóveis em Vancouver aumentaram mais do que em quase todas as cidades canadenses. Além disso, a cidade recebe o fluxo constante de imigrantes da Ásia que mantêm suas tradições religiosas. O hedonismo da costa ocidental pode ser o terceiro fator de estímulo à venda de propriedades das igrejas, sugeriu David Ley, um geógrafo da Universidade de British Columbia.

Os bancos das igrejas com raízes europeias em Vancouver estão se esvaziando com mais rapidez do que em outras cidades do Canadá. Os antigos fiéis são os principais vendedores. Todos esses aspectos fazem com que o mercado imobiliário de Vancouver especializado na venda de propriedades religiosas tenha uma característica “única”, disse Leonardo Di Francesco da corretora Churchrealtors.com, que vendeu mais de 100 igrejas nos últimos 20 anos.

Em geral, os compradores são membros das comunidades asiáticas prósperas da cidade, em parte devido à dificuldade de conseguir permissão para fazer um novo zoneamento das propriedades religiosas para uso laico. Assustadas com a presença de gangues de viciados em drogas, as monjas do mosteiro do Gold Buddha no distrito pobre de Downtown Eastside procuraram um lugar mais seguro para se instalarem. A empresa de Di Francesco encontrou um lugar para abrigá-las em um prédio do Exército da Salvação, cujo albergue para homens desempregados se esvaziara e os programas para jovens de classes sociais desfavorecidas estavam atraindo menos participantes. Agora o salão principal do antigo local do Exército da Salvação está enfeitado com 10 mil Budas dourados. No porão do prédio as monjas guardam os livros de orações e os tambores dos ritos religiosos.

Este ano a comunidade indiana que vive na parte leste de Vancouver vendeu seu templo por cerca de C$2 milhões para uma congregação cristã chinesa cujo número de fiéis está aumentando; por sua vez, os indianos queriam um templo ainda maior.

Independente se os compradores são membros de instituições religiosas ou laicas, as igrejas tentam não ser gananciosas. As igrejas sentem-se obrigadas a ajudar suas comunidades, como, por exemplo, oferecendo espaços “acessíveis” à população que se tornaram mais escassos em razão do boom imobiliário de Vancouver, disse Robert Brown da empresa sem fins lucrativos Catalyst Community Developments.

Fontes:
The Economist-Steeples for sale

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *