Início » Economia » O péssimo desempenho da economia brasileira
Dados do IBGE

O péssimo desempenho da economia brasileira

Empregos e rendimentos reais estão contraindo, enquanto sobem as taxas de juros e a inflação

O péssimo desempenho da economia brasileira
Apenas em maio, a inflação acelerou 0,74%, acima da alta registrada em abril (Foto: Flickr)

A economia brasileira encolheu 0,2% nos primeiros três meses de 2015, e 1,6% na comparação com o mesmo trimestre um ano antes. Uma recessão já é iminente. Empregos e rendimentos reais estão contraindo, enquanto sobem as taxas de juros e a inflação.

Segundo dados do IBGE divulgados nesta quarta-feira, 10, a inflação acumulada nos últimos 12 meses chega a 8,47%, a maior taxa desde dezembro de 2003 (9,3%). O avanço se deve, em grande parte, à alta nos preços da energia elétrica e dos alimentos.

Apenas em maio, a inflação acelerou 0,74%, acima da alta registrada em abril (0,71%). O valor é o maior para o mês de maio desde 2008, durante o primeiro governo Lula, quando a alta de alimentos também pressionou a inflação.

A energia elétrica, um dos itens que mais pesa no bolso das famílias brasileiras, voltou a ser a grande vilã da inflação em maio, junto aos alimentos. Em 12 meses, a conte de luz subiu 58,47%. Já no acumulado do ano, a alta é de 41,94%.

Entre os alimentos mais inflacionados estão o tomate, com alta de 21,38% em maio e 80,42% no ano, e a cebola, cujo preço dobrou no ano (100,45%).

De acordo com o IBGE, somente um setor teve queda de preços em maio: os transportes, com baixa de 0,29%.

A economia é ainda mais fraca do que parece à primeira vista. Investimentos, já baixos pelos padrões de economias emergentes, caíram pelo sétimo trimestre consecutivo nos três primeiros meses de 2015. O consumo das famílias caiu pela primeira vez desde que o PT chegou ao poder em 2003. A maior parte das economias feitas pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, se baseia em dois pontos: aumento de impostos, que deprime o crescimento hoje; e redução de investimentos, que atrapalha a economia no longo prazo.

Fontes:
The Economist - Eating greens
Folha - Inflação acumulada em 12 meses atinge 8,47%, a maior desde 2003

2 Opiniões

  1. Roberto1776 disse:

    12 anos de petismo cobram a conta. De quem?
    Acima de tudo dos mais pobres dos brasileiros. Justamente aqueles que foram levados a crer que vários erros faziam um acerto.
    Esta é a sina da esquerda: achar que dividir e consumir é a mesma coisa que somar e produzir. Parafraseando Margaret Thatcher, a esquerda só tem sucesso enquanto durarem as riquezas produzidas pelos porcos capitalistas.

  2. Joma Bastos disse:

    O paupérrimo desempenho da economia brasileira…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *