Início » Economia » O que aconteceria se os EUA deixassem o Nafta?
TRATADO COMERCIAL

O que aconteceria se os EUA deixassem o Nafta?

Donald Trump vem ameaçando tirar os EUA do tratado comercial com o México e o Canadá, mas a medida pode ser fatal para economia americana

O que aconteceria se os EUA deixassem o Nafta?
Trump considera o Nafta o pior acordo comercial já firmado pelos EUA (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Donald Trump vem constantemente criticando o Nafta, tratado de livre comércio firmado em 1994, entre Canadá, EUA e México. Segundo ele, trata-se do pior acordo comercial já firmado pelos EUA.

Trump diz que o Nafta foi responsável pelo declínio dos postos de trabalho no setor automotivo americano, sendo um quarto deles extintos após 1994. Trump ameaça renegociar os termos do Nafta e até mesmo retirar os EUA do tratado. Mas quais seriam as consequências dessa medida?

O presidente americano tem o poder de fazer as duas coisas. O Nafta proíbe aumentos de tarifas alfandegárias, mas Trump pode usar sua autoridade executiva para impô-las de qualquer jeito, talvez sob o pretexto de “medida de emergência”. Ele também pode simplesmente tirar os EUA do bloco, sem sequer consultar o Congresso americano. Basta enviar uma nota com seis meses de antecedência para o Canadá e o México.

Com a saída, as tarifas negociadas entre os EUA e o México tornariam a ser guiadas pelo conceito de “nação mais favorecida”, usado em negociações bilaterais. Para a maioria dos bens, as tarifas aplicadas nesse sistema são de 3,5%, mas alguns ultrapassam esse percentual.

Isso elevaria o custo de empresas americanas cujas cadeias de produção passam pelas fronteiras do sul dos EUA. Além disso, quase 60% dos bens importados pelos EUA do Canadá e do México são insumos do setor manufatureiro americano. Logo, as empresas americanas seriam severamente afetadas pela saída do Nafta, especialmente as do sul dos EUA.

Para completar, a saída dos EUA do Nafta colocaria o México em uma profunda recessão, o que aumentaria em muito o número de imigrantes mexicanos que tentam entrar ilegalmente em território americano. Trump teria de prometer um muro maior.

Em longo prazo, a saída do Nafta tornaria mais caros os produtos vendidos nos EUA. Ou seja, os trabalhadores americanos teriam a vaga de emprego prometida por Trump no setor automotivo, mas dificilmente conseguiriam comprar um carro.

Fontes:
The Economist-How Trump could take America out of NAFTA

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *