Início » Economia » Obama chega à China com agenda complexa
Visita de Estado

Obama chega à China com agenda complexa

Presidente americano chegou nesta segunda-feira a Pequim, onde se reunirá com o presidente chinês e lideranças empresariais

Obama chega à China com agenda complexa
Governo chinês paralisou fábricas e proibiu a circulação de carros para limpar o ar antes da chegada de Obama (Reprodução/EPA)

O presidente americano Barack Obama chegou nesta segunda-feira, 10, a Pequim para uma visita de três dias que promete expor as complexidades da relação entre os dois países: os estranhamentos entre duas potências em lados opostos do mundo, bem como as promessas de que as duas maiores economias mundiais possam encontrar causas comuns em questões difíceis como a mudança climática.

O governo chinês paralisou fábricas e proibiu a circulação de carros para limpar o ar da capital antes da chegada do presidente americano. Obama mergulhou em uma agitada agenda que vai misturar os rituais solenes de uma visita de Estado oficial com reuniões de negócios semelhantes às que ocorrem em cúpulas econômicas.

A visita de Obama, sua segunda como presidente, começou com uma notícia promissora no sábado, quando a Coreia do Norte libertou dois americanos detidos lá. Funcionários do governo Obama preferiram não especular sobre a possibilidade de a libertação ter sido programada para a visita, mas o gesto sem dúvida enviou uma mensagem conciliadora na véspera de negociações que devem incluir o Estado pária.

A peça central da visita será a sessão de Obama com o presidente Xi Jinping, no Grande Salão do Povo na quarta-feira, 12. Obama estará diante de um líder chinês que se esforça para restaurar a primazia do Partido Comunista, com uma campanha de combate à corrupção radical, uma revisão da economia chinesa e uma repressão aos dissidentes.

Antes disso, porém, Obama se reunirá com Joko Widodo, um populista recém-eleito presidente da Indonésia que representa um vívido contraste com as ambições autoritárias de Xi. Widodo também está em Pequim para uma reunião de líderes do Pacífico.

Ainda nesta segunda-feira, Obama irá se reunir com executivos de empresas que participam do fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico. Ele também encontrará líderes de 11 países envolvidos na tentativa de criar a Parceria Trans-Pacífica, um ambicioso pacto comercial liderado pelos Estados Unidos que seria um pilar central de “eixo estratégico” de Obama para se aproximar da Ásia.

 

Fontes:
The New York Times - Obama Arrives in China on Trip With Complex Agenda

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *